• @rgpatrickoficial

Vivendo no Escuro - Jogo da Vida Parte I

[FAIT – Pietro]

Isso do Artur não estar de papo com o Lucas era ótimo e ao mesmo tempo péssimo, minhas esperanças já ultrapassaram as nuvens, junto com minhas frustações que desceram até o inferno.

Na sala de aula, sentados juntos, dividindo o mesmo livro, ele lendo, encostado a minha mesa, com todo o tronco para meu lado. E eu com o celular vendo no grupo da Lara, o Kaique estava chamando a gente para ir na casa dele depois da aula.

Artur até para segurar um lápis era sexy, rsrs. Ele estava copiando uma estofe e eu peguei meu caderno, e ele diz;

- Lara enviou um áudio ai Pietro. – Fala ele meio que ainda escrevendo.

- Ta. – Falei colocando meu caderno na mesa, apertei o play.

Ao pegar a caneta a merda do “gemidão do Whatsapp”, mano levei um susto, peguei meu celular e todo mundo rindo, até o professor;

- Pietro! – Fala ele olhando por cima dos óculos.

- Desculpa professor. – Falei sem graça.

O Artur rachando de rir comenta;

- Se quiser ir no banheiro tocar uma, de boa mano.

Dei um murro nele, que não parava de rir, nossa xinguei tudo a Lara, aquela vaca, que raiva.

Bem quase no fim da aula, eu ainda falando com a Lara, e por incrível que pareça, o que vão ler é verdade, Artur fez nosso trabalho de turma, estava terminando na real.

Como disse eu falando com a Lara, ela estava escrevendo um conto, “foi o que ela disse”, e pediu ajuda para escrever uma parte lá bem explicita de sexo, dei meu toque, e enviei pra ela;

- Pronto dá uma “lida” ai, e assina. – Fala o Artur, entregando as folhas.

A Lara pede para corrigir, eu então fiz o seguinte;

- Mano lê isso aqui, e muda se encontrar erro ortográfico. – Falo entregando meu celular para ele, no “bloco de notas”.

Havia o texto com umas 3 páginas, eu li o trabalho, assinei e ele ficou com meu celular.

Entreguei para o professor e ele fala;

- Nada de celular na aula em Pietro... Pronto? Podem ir, você e o Artur. - Diz ele conferindo.

Peguei minhas coisas e guardei, peguei o caderno do Artur e ele a jaqueta dele, o cara não tirava o olho da tela do celular, fomos andando no corredor, ele lendo e eu vendo seus olhos brilharem.

Artur entra no banheiro eu sigo ele, então ele fala;

- Quem escreveu isso? – Ele fala entregando o celular.

- Lara começou eu terminei. Porque? – Pergunto pegando o celular.

- Você escreveu o sexo? – Questiona Artur colocando a jaqueta.

- Sim, porque? O que tem? – Questiono novamente.

Então vem a surpresa, ou presente, vamos ver como vocês vão entender.

Ele abre os braços e fala;

- Olha como fiquei. – Artur olha para o rumo de sua calça.

Tinha um belo pacote, naquela calça de jeans claro, me segurei àquela hora. Ele abaixa uma das mãos e arruma o membro na cueca, então meu coração dispara. Pois fica aquele mastro curvado desenhando a calça apertada direcionado para a esquerda.

- Vou ver se consigo mijar, segura meu caderno ai! – Ele diz entrando em um reservado.

Coloquei o caderno dele na pia e joguei uma agua na cara, serio, a visão foi, uma obra de arte, rsrs.

Logo que ele saiu, ainda tinha um volume, calmamente lavou as mãos e comentando;

- Cara vocês tem talento, rsrs, ficou massa...

Saímos e despedi dele no estacionamento;

- Não vai querer mesmo carona? – Questiona ele com a cabeça para fora do carro.

- Até queria, mas combinei de ir na casa do Kaique, falou. – Falo despedindo de Artur.

A Lara chega, e ficamos trocando ideia até o Kaique vir;

- (...) Ele está me deixando doido, o Lucas não é assim, e fica esperto Pietro, ele está querendo te matar, por ter tomado o lugar dele. – Fala ela olhando, o Lucas sair.

- Na boa, tenho problemas maiores que essas frescuras agora, e bem grandes mesmo. – Falo passando a mão atrás ombro dela.

- Não me diga que é Artur? – Lara questiona cruzando os braços.

- Sim, não tem como, estou apaixonado nele, não adianta negar. – Eu falei com a cabeça para trás, olhando o céu.

- Tem certeza?

- Sim. – Falo soltando um respiro.

- Está disposto a tudo?

- Tudo o que? – Volto a olhar para ela com uma das sobrancelhas erguida.

- Vou tentar te ajudar Pietro, ele sempre me conta tudo, vou ver o que consigo.

- Ta falando sério comigo? – Nem acreditei em ouvir aquilo.

- Sim, mas tem algumas coisas que precisa saber.

- Tipo?

- Artur odeia ser rejeitado, e pior ainda se ir atrás, entende?

- Sim, e não, explica melhor ai.

- Artur é um conquistador, ele curte a parada de ir atrás sofrer ser pisado, mas depois que consegue ele sai fora, porque as meninas ficam nos pés dele, ta entendendo?

- Ah, saquei, ele é meio doido né.

- Você não tem ideia... Ele não dorme com outras pessoas...

- Mentira ele dormiu comigo na noite da festa do Renato.

- Artur estava bêbado aquele dia Pietro, ele dormiria abraçado com o Renato se fosse o caso. Grava isso na sua cabeça, ele gosta de aparecer, é a vibe dele.

- E eu que pens... – Antes de terminar de falar o Kaique assusta a gente.

- VAMOS embora? – Grita ele.

- Viado, seu merda. – Falei pois quase deixei meu celular cair.

Ele saiu correndo foi pegar o carro, eu e Lara nos levantamos e pegamos nossas coisas;

- Valeu Lara. – Falo abraçando ela.

- Só estou fazendo isso pra deixar meus amigos felizes, rsrs. Se ele descobrir me mata. Rsrs. – Fala rindo.

- Oi gente. - Elisa fala chegando.

Cumprimentamos ela e entramos, no carro que Kaique já havia chegado.

Bem no caminho fiquei com isso na cabeça, e pensando bem, ela tem razão, pois quando a Manuela cresceu para cima do Artur, ele cortou ela bem feio. O mesmo com a Elisa, quando ela começou a dar mole demais ele correu.

A parte fácil é que elas eram garotas né, dois contra um se é que me entendem, rsrs.

Chegamos na casa do Kaique, logo que entramos ele pegou duas garrafas de “ice” para as meninas, e um para mim, ele trocou de roupas e voltou, ligou o vídeo game e eu e Lara jogamos uma partida, de “Need For Speed”, eu perdi feio, jogamos mais algumas, ele e a Elisa ascenderam o Narguilé, e ficaram conversando e bebendo.

Foi quando o Kaique fala;

- Que tal jogarmos verdade ou consequência? – Ele falou olhando para mim.

Concordamos, por já estarmos meio que “alegres”, quando sentamos alguém bate na porta, quase cruzei as pernas torcendo para ser o Artur.

Mas era uma amiga da Lara, chamada de Carol, uma garota muito linda só para deixar claro. Kaique abriu e ela ficou de olho nele, todos percebemos.

A garota pegou uma garrafa, e se juntou a nós. O Kaique começou, ele foi rodando e a garrafa para em mim;

- Verdade ou Consequência? – Pergunta ele.

- Verdade. – Respondi.

Ele abriu um sorriso e mandou a seguinte pergunta;

- Você é gay?

Eu olhei para todo mundo ali, e fiquei vermelho;

- Beleza, sim eu sou, MAS ninguém sabe, e espero que continue assim. – Falei em alto e bom tom.

Elisa e Carol concordaram, o Kaique também, então fiquei aliviado, girei a garrafa e caiu na Lara;

- Verdade ou Consequência? – Pergunto.

- Verdade.

- Transou quantas vezes com o Artur?

Ela riu demais, porque a Elisa estava lá né, e foi bem inconveniente a pergunta.

- Duas vezes.

Então, o jogo foi seguindo até as Verdades acabarem, de agora em diante era somente consequência. Quando a Elisa pega a merda da garrafa ela quarta vez ela fala para mim;

- Beija o Kaique de língua. – Ela fala sorrindo.

Ele me olhou, eu rindo perguntei;

- Tem certeza, não quer outra coisa não, virar uma garrafa dessa, uma dose dessa...

- Vai Pietro para de frescura. – Grita a Lara.

Ele estava ao lado dela na minha frente, Kaique se ajoelhou na minha frente, respirou fundo e me beijou, gente esse é o melhor jogo do mundo, pois o menino beijava bem, cara do céu, que boca viu.

Quando peguei a garrafa na próxima rodada novamente batem na porta, mas dessa vez ouço;

- É o Artur. – Fala a Lara bloqueando a tela do celular.

Kaique vai até lá, ele estava de camiseta cavada cinza, com uma bermuda de moletom vermelha, celular em uma das mãos e carregador portátil na outra. Ao ver o Kaique sem camisa ele comenta;

- Nossa a festa está boa em! Tenho que tirar a camisa também? – Pergunta ele entrando.

Ao me ver de cueca, rsrsrs, não contei. Mas as meninas me fizeram ficar de cueca aqui na roda.

- Que isso, porque elas estão vestidas em Pietro? – Pergunta o Artur pegando em minha mão.

- Porque estamos em minoria, ainda bem que chegou. – Comento.

Ele dá a volta na roda cumprimentando todos, e como podem adivinhar, ele ficou de olho na Carol, sentou ao lado da Lara e ao meu lado, e pega uma bebida;

- Quero jogar, como estão as coisas? – Ele pergunta para o Kaique.

- Agora é só consequências, vai jogar?

- Sim, mas me deixem só com uma Verdade, para esquentar, vamos. – Ele comenta bebendo.

Bem voltamos, e eu fiz minha cena, ao cair a garrafa na Lara, mandei ela beijar o Artur, gente a cena foi hilária, ela apontando dedo para mim e ele me abraçando;

- Ai garoto, é assim que é bom. – Fala ele.

Os dois se beijaram de língua, foi bonito de se ver, pois ele deu uma pegada no cabelo dela, os dois são muito lindos, foi massa.

Ela pegou a garrafa e caiu nele;

- Verdade ou Consequência? – Pergunta ela.

- Verdade. – Ele responde bebendo.

Ela então pergunta;

- Você ficaria com o Pietro ou Kaique aqui da roda?

Ele sorri, se vira olhando para o Kaique e fala;

- Com o Pietro, nada contra Kaique. – Artur fala com a mão estendida.

- De boa.

Quase pedi ele em namoro ali, serio. Agora era só uma alma bondosa mandar eu beijar ele, pronto, era o que me faltava.

Artur pega a garrafa e gira, aponta para a Carol e acho que nem preciso falar o que ele mandou né! Artur fez ela beijar a Elisa.

E ela então se vingou do Artur, a garrafa parou em mim e todo mundo riu, ela então falou;

- Beija o Artur, de língua!

Quase chorei, rsrs. E fiquei tenso, muito mesmo, afinal, era uma oportunidade e tanto não?

Ele rindo se vira para mim, pega em minha nuca e ri, sem parar;

- Cara não pode ser.... – Ele me olhava e ainda sorria.

Coçava a cabeça, passava a mão no rosto, acho que ele suou, sério;

- Vamos logo, vem Pietro.

Artur aproximou e me beijou, uma boca quente, não senti o gosto pois havíamos bebido, mas sua língua estava lá, molhada com um leve toque de menta, possivelmente de alguma balinha. Gente eu me arrepiei com ele, sério.


5 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia