• @rgpatrickoficial

Vivendo no Escuro - Corrupto

[Condomínio Mont Blanc – Artur]

Chegamos de madrugada de São Paulo, como estávamos muito cansados, levei a Lara para dormir na minha casa, na segunda-feira de manhã deixaria ela no seu trabalho.

Depois contamos como foram as coisas na capital, antes houve algo mais importante.

Na manhã de segunda feira, para dar tempo de deixar ela no trabalho acordamos cedo, fomos os primeiros em casa.

Estávamos tomando café da manhã, meus pais no banheiro e a Camila arrumando o cabelo no quarto dela. Lembro de olhar no relógio e ver a hora “06:45”. A campainha tocou e duas batidas na porta. Detalhe o interfone da portaria nada.

Me levantei e chegando na porta, olhei as imagens das câmeras no painel próximo a porta, haviam uns cinco policiais, me assustei, nesse momento ao olhar para a esquerda vejo homens entrando até em nosso quintal, abre a porta e o Cesar, pai do Pietro me entrega um papel;

- Artur temos um mandado de condução coercitiva contra o seu pai. Licença. – Ele não pediu para entrar, me entrega o papel e entra com todos aqueles homens.

- Tem certeza Cesar? – Pergunto.

Ele só responde gesticulando com a cabeça, e pergunta;

- Ele está la em cima? – Pergunta subindo as escadas.

- Sim. – Respondo abrindo o papel.

A Lara se levanta e vem para perto de mim;

- Por favor ficam aqui. – Fala um dos policiais, se referindo a sala.

Eu não falei nada, nem ela, só ficamos olhando, meu pai, minha mãe e Camila desceram e de repente um dos policias fala de cima da escada;

- O garoto, pode me acompanhar por favor? – Ele fala.

Eu subi as escadas e gente entraram em meu quarto e reviraram de cabeça para baixo, de colchão a bater em parede, tudo, colocaram do avesso. Eu estava próximo a porta do quarto e vi que eles estavam esvaziando o cofre do quarto do meu pai.

Todos os papeis e documentos que importavam a eles levaram das minhas coisas, e fotos de varias coisas que eu tinha, como a tv, o vídeo game, o aparato de som, agora notebooks e celulares foram levados, tudo de toda a casa.

Graças ao Cesar conseguimos tirar a Lara da situação, pois queriam saber das malas no carro na garagem, e levar as coisas dela. Caso contrário iria tudo.

Isso durou quase uma hora, levaram um monte de coisa, e meu pai é claro, eu e Camila sabíamos do que se tratava, e claro minha mãe também.

Sai atrasado com a Lara para o trabalho;

- Fique tranquilo Artur não irei falar disso para ninguém ok. – Ela fala tentando ser gentil.

- Não precisa Lara, olha isso. – Falo mostrando alguns fotógrafos na frente do condomínio.

Eles seguiram os carros da polícia. Bem deixei ela no pet shop e fui para o hotel, onde a Roseane estava atordoada;

- Não consigo falar com seus pais Artur, a polícia veio aqui e levaram tudo do escritório da sua mãe.

- Eles foram na minha casa, quase que nós fomos junto.

Meu pai é deputado, mas o hotel é da família de minha mãe, bem antigo, mais que essa história de política. E claro, como um bom político de merda, ele tinha desvios em licitações e cargos de assessores que não existiam, ela assim como vários políticos roubava feio dos outros.

Só que meu pai se meteu em uma merda mais profunda quando se meteu com o prefeito da cidade vizinha, que é de péssimo caráter, as investigações tinham haver com uma duplicação de uma BR de 5 anos atrás. Cujo essa que parte do dinheiro estava em nossa casa.

A parte da tarde, logo após o almoço, minha mãe veio ao hotel, para entender o que foi levado, ela chegou no balcão e entrega um celular;

- Aqui Artur, vai usando este até tudo se resolver. – Fala ela entregando a caixa.

- E o papai?

- Está indo para casa, foi ouvido, mas o advogado já falou que ele pode esperar o mandado de prisão. Por causa dos valores não declarados no cofre. Eu avisei ele Artur, falei por dias, mas não, não me ouve, queria deixar aquele volume la em casa. Agora não sei o que fazer.

- Ele se acostumou mãe, achou que nada iria acontecer com ele.

- Agora vamos gastar uma nota para manter processos dele. Acredita que o idiota do seu pai comprou um carro para a Camila? Ele pagou com cheques, como pode ser burro assim! Agora está lá cogitando a ideia de fugir.

- Ta falando do que?

- Seu pai ta querendo sair do Brasil, acha ele que vou deixar o Itapeva assim.

- Ele está perturbado né?

Minha mãe estava só a raiva, sim, porque houve algumas conversar sobre tudo isso anteriormente, cada um se posicionou e ele tomou a decisão dele. Isso que está deixando as coisas nesta situação, de ele querer sumir.


5 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia