• @rgpatrickoficial

Um Recomeço - Capitulo 15

#Thiago


- Jade às fotos ficaram muito boas.(Thiago).

- Foi você?(Kened).

- Quero você na promoção Jade, tenho uma reunião agora, Kened fica longe.(Thiago).

- Vai ser difícil.(Kened).

Jade havia feito umas belas fotos, Bem melhores que a de nosso fotógrafo, fui para uma reunião com os demais funcionários me apresentar, Jade ficaria um tempo em São Paulo para me auxiliar com está nova etapa da revista.


#Marcelo


Eu estava com o melhor amigo do plantonista neste caso o Café é claro,

E me veio à mente a irmã de Thiago a Jade, a primeira pessoa que vejo mandar nele e ele ficar calado, os dois se pareciam muito, mas está aparentemente  ela era mais inteligente que ele.

- Doutor Marcelo, quanto tempo. (Rogério).

- Doutor Rogério, quanto tempo digo eu, não foi no jogo porque? (Marcelo).

- Não se case garoto, mulher só da trabalho, não fui porque minha esposa queria visitar a mãe. (Rogério).

- Não corro o risco, parado o hospital hoje. (Marcelo).

- Nem me fale. (Rogério).

- Doutor Marcelo comparecer à emergência, Doutor Marcelo comparecer à emergência. (enfermeira).

- Olha ai, com licença Vou nessa. (Marcelo).

- Vai lá. (Rogério).

Chegando a recepção vejo Clara;

- Marcelo por favor é o Cauã.( Clara).

Nem falei nada só fui para emergência, chegando la ele estava sentado na maca com uma enfermeira medindo a febre;

- Dores na altura do estômago, febre, diarreia e corpo cm alergia. (enfermeira).

- E ai garotão, diz o que está sentindo? (Marcelo).

- Eu estou com frio. (Cauã).

- Com frio, faz o seguinte me de esse termômetro aqui... (Cauã).

Ele estava com febre alta eu o mediquei e passamos por alguns exames, e ele acabou adormecendo.

- Clara deu alguma comida diferente que ele não esteja acostumado? Algum comportamento diferente? Algo que possa causar alguns desses sintomas? (Marcelo).

- Não nada, ele está meio abatido depois que Thiago se afastou, mas somente isso. (Clara)

- Já avisou ele? (Marcelo).

- Avisar o Thiago que Cauã esta aqui? (Clara).

- Mas é claro o garoto também é filho dele. ( Marcelo).

- Ainda não, você liga? (Clara).

- Sim (Marcelo).

Peguei o celular e ligando quem atendeu foi Jade,

- Alô. (Jade).

- Jade é Marcelo posso falar com seu irmão? (Marcelo).

- Fala cunhadinho pode sim um momento... Thiago o amor de sua vida... (Jade).

- Cauã papai Ta trabalhando, que foi? (Thiago).

- Sou eu Marcelo. (Marcelo).

- Diz segundo amor da minha vida haha. (Thiago).

- Amor o Cauã está aqui no hospital, ele está com febre já mediquei ele... ( Marcelo).

- Já estou indo. ( Thiago).

Nem me deixou terminar e desligou Telefone, olhei para Clara e já sabia que ele viria rápido, fui ver Cauã e sua febre já havia passado. Thiago chegou no hospital como num furacão.

- Como ele esta? ( Thiago).

- A febre passou fique com ele vou pegar os exames. (Marcelo).

Peguei os exames na recepção olhei pois se tiver algo de errado não conseguiria mentir para Thiago, e não havia nenhuma alteração, voltei para a minha sala com Thiago e Clara, enquanto Cauã terminava o soro que estava tomando acompanhado por Jade.

-  Não tem nenhuma alteração no exames, está tudo bem, nada fora do normal. (Marcelo).

- Não entendi agora Marcelo, ele está em uma cama de hospital tomando medicação e soro, e não tem nada de errado? (Thiago).

- Thiago olha ele está com o corpo apresentando alergia, e a forma que se encontra é algo que foi ou está sendo ingerido, Clara com qual frequência Cauã toma leite? (Marcelo).

- Muito pouco, porque? (Marcelo).

- Intolerância a Lactose, quero que monitore, espere uma semana e depois volte a dar leite, e veja se algo se manifeste. (Marcelo).

Conversamos mais um pouco e Clara saiu.


#Jade


- Titia estava com saudade meu filho. (Jade).

- Eu também. (Cauã).

Estava conversando com ele, quando a cobra da Clara se aproxima,

- Precisa de ajuda? (Jade).

- Ajuda? (Clara).

- É não está conseguindo cuidar do próprio filho. ( Jade).

- Não fiz filho sozinha, seu irmão também é responsável. (Clara).

- Então pra que pediu a guarda dele na justiça, se não consegue nem resolver uma simples febre sem acionar a emergência. (Jade).

- Escuta aqui garota. (Clara).

- É Jade Monteleoni pra você. (Jade).

Falei apontando o dedo, no rosto dela, quando meu irmão se aproxima.

- Não pode ficar só por um momento que arruma confusão, Jade. Vamos. (Thiago).

Despedi de Cauã e sai do quarto deixei eles, sozinhos olhei de longe  e vejo Marcelo entrar em uma sala provavelmente em seu consultório, quando cheguei na porta cheguei a gaguejar.

- Escuta, encontro de Deuses é aqui?(Jade).

- É a irmã de Thiago. (Marcelo).

- Jade Monteleoni, o prazer vem depois! (Jade).

Falei rindo para o medico que estava com Marcelo, li logo saiu e eu quase fui atrás.

- já descobri que Kened Liriato é seu irmão, obvio né, mas me diz ele está solteiro? (Jade).

- Então está interessada no meu irmão, é de família? (Marcelo).

- É sim, tenho fraco por homens que obedecem. (Jade).

- Haha’ então sai dessa, Kened não é do tipo que obedece qualquer uma. (Marcelo).

- Bem que disse, não sou qualquer uma, cunhadinho, só me diz é solteiro? (Jade).

- Sim. (Marcelo).

- Ai obrigada, e não fala nada pra ele se não conto pro Thiago que estava procurando sobre mim no Google. (Jade).

- De onde tirou essa mentira? (Marcelo).

- Dá pra ver no reflexo do seu computador ai. (Jade).

Falei me referindo ao reflexo da tela no espelho atrás, Marcelo ficou vermelho na hora, Cauã já estava melhor e eu tinha que trabalhar, havia uma secção com um garoto novato, e Thiago também tinha uma daquelas reuniões chatas, logo voltamos para a revista,

- Estou indo pro estúdio. (Jade).

- Tudo bem, até mais, vou entrar em reunião agora talvez eu demore.(Thiago).

Dei um beijo nele e desci no meu andar. Entrei no estúdio e havia uma equipe já me aguardando, as luzes apagadas, fui aproximando e havia um modelo, que acho que foi esculpido a dedo, muito lindo, eu não o via direito mas já gostei do que não vi.

As luzes se acenderam, e ele veio me cumprimentar.

- É a fotografa? (Breno).

- Me chame de Jade, com se chama? (Jade).

- Breno prazer. (Breno).

- Sem puxar saco, VAMO LA PESSOAL, PREPARA AS LUZES... ALGUÉM ME TRAS UMA CADEIRA? (Jade).

Ele estava sentado pessoal fez a maquiagem e depois veio preparar o cabelo, e o garoto colocou a camisa;

- Não, não tira a camisa quero você de cueca. (Jade).

- Sim senhora. (Breno).

- Senhora está no céu. VAMOS COMEÇAR QUERO UM APOIO AQUI. (Jade).

Fizemos uma bela seção de fotos,

Depois dos cliques eu estava sozinha no estúdio editando para mandar para o tal Kened, porem nem foi preciso ele veio até mim.

- Com licença posso entrar? (Kened).

- É sempre educado assim, ou é só pra impressionar? (Jade).

- Só quando há mulheres como você! (Kened).

- Essa sua cantada foi bem franca, diz veio pegar as fotos? (Jade).

- Se quiser eu pego só elas! (Kened).

- Estão no seu E-mail, poderia ter ligado antes, pouparia vir até aqui. (Jade).

- Não me importo pelo menos vejo você. (Kened).

- Já viu pode sair agora. (Jade).

Kened fechou a porta e me pressionou na parede, veio para me beijar e vire-o rosto.

- Pensei que estava afim. (Kened).

- De você estou, mas não sou nenhuma vadia de esquina, e estou no meu local de trabalho, me solte. (Jade).

- Conheço o seu tipo, você fala muito e Faz pouco. (Kened).

- Você não me conhece, eu sou o tipo que falo muito e faço o essencial. (Jade).


#Jade


Fui até a sala de reuniões chamar Thiago que estava no meio de uma apresentação, só ele me viu entrando e sentando ao fundo,

- O que acharam? (Thiago).

- Todos vão concordar porque você é quem manda... Estou errada? Alguém quer dizer alguma coisa? (Jade).

- Senhores essa é Jade...(Thiago).

- Monteleoni... Sou irmã de Thiago e vice presidente desta revista, pois bem o que meu irmão acabou de mostrar a vocês é que não vamos ser mais uma revista nas ruas ou bancas, vamos atrás de mais e mais, as pessoas não compram revistas nas ruas, elas acessam de seus aparelhos eletrônicos, nos vamos ganhar com isso Merchandising eletrônico, temos que estar passos a frente de nossa Concorrência. (Jade).

- Sinceramente é para isso precisa de um investimento de 3 milhões? (Antenor).

- Quem é você? (Jade).

- Sou Antenor, acionista da empresa. (Antenor).

- Bem titio se caso o senhor seja programador, técnico em informática, designer gráfico e saber códigos de informática fique com o dinheiro vamos investir em você, agora se quiser continuar gastando tinta e papel tem outras revistas do tempo da pedra em São Paulo. (Jade).

- Ela está certa, pensamento no futuro e a longo prazo vocês sabem e concordam com o que foi dito? Sim ou não! A quantia será debitada de nossa conta. Ficamos por aqui senhores. (Thiago).

Todos saíram e meu irmão arrumando as coisas perguntou

- As vezes você é muito bruta Jade. (Jade).

- Não é brutalidade, as pessoas assustam quando houveram a verdade. (Jade).

- Nos somos dois capetinhas para eles sabe disso não é mesmo? (Thiago).

- É nosso sobrenome, haha. Vamos embora não suporto mais ficar aqui. (Jade).

Fomos pra casa, não sábia como Thiago aguentava ficar todo esse tempo no trabalho sem enlouquecer! Fui enchendo ele pra cuidar mais de Marcelo, tipo casar sabe ele não dizia nada estava sério claro fui enchendo ele todo o caminho.


#Marcelo


Estava na casa de Thiago pegando umas coisas pois eu iria ao Rio de Janeiro no fim de semana, ele chegou junto com Jade, veio até o quarto tirando o paletó.

- Oi amor. (Thiago).

- Oi, como foi no trabalho hoje? Você é a Jade matou alguém de raiva? (Marcelo).

- Estamos quase viu, ei esta arrumando suas coisas? Pra onde vai? (Thiago).

- Thiago queria falar com você, vou para o Rio de Janeiro esse fim de semana, vamos bom que conhece meu pai, ficaremos na casa deles. (Marcelo).

- Não posso Marcelo, Jade inventou de fazer fotos minhas pra próxima propaganda e tenho que entregar na segunda, Kened não me falou de viagem. (Thiago).

- Ele não vai! (Marcelo).

- Se Kened não vai, você vai com quem? (Thiago).

- Sozinho. (Thiago).

- Sozinho? Você no Rio de Janeiro sozinho? Marcelo quem vai estar la? Em? (Thiago).

- Você não tem jeito sábia, meus primos somente, família. (Marcelo).

- Eu espero, pois não quero responder na justifica por homicídio qualificado. (Thiago).

Ri Alto da piada de Thiago nele fazia do tipo Durão mas só falava mesmo, se bem que não tenho coragem de fazer nada para prejudicar nosso lance, eu iria para o Rio pois queria pedir a bênção de meus pais para pedir Thiago em casamento, até gostei que ele não havia aceitado ir, pois eu passava um ciúmes nele e depois viria com a surpresa.


#Thiago


Eu estava mal por causa de Cauã, nossa estava fazendo muita falta, eu aproveitei essa febre dele para visita-lo mas por causa dos meus horários não poderia ficar muito com ele, e Marcelo agora com essa de viajar poxa me tirava a paciência dele ir sem mim, sim eu estava com ciúmes, mas Jade estava suprindo um pouco desta atenção que eu tinha por eles,  ela sempre foi desta forma mais estressada que eu, pensa ela de TPM, nem ela se suportava.

- Que está pensando? ( Jade).

- No Cauã. Ele faz muita falta nesta casa. (Thiago).

- Isso é verdade, mas calma Thiago logo isso irá mudar e ele estará aqui com a gente. (jade).

- E você? Vai morar aqui mesmo? (Thiago).

- Se você quiser eu arrumo um apartamento, mas queria ficar aqui com meu chato preferido. (Jade).

Nos ficamos na sala conversando e falando do passado e do que esperávamos da revista futuramente, no dia seguinte Jade veio ao meu quarto logo cedo.

- Thiago vamos pro clube, anda, levante. (Jade).

Disse a filha da mãe pulando em minha cama;

- Clube? Toma banho no banheiro ai Jade. (Thiago).

- Haha’ não,  não, vamos comigo, vem estou esperando.(Jade).

Ela fez eu levantar e me arrumar para ir ao tão clube, descemos e estávamos aguardando o táxi.

- Vai assim pro clube? (Jade).

- Nem vem, o tempo ainda está frio e eu estou lindo. (Thiago).

- Nem falo nada. (Jade)

Ainda bem quando chegamos ao tal clube o tempo estava aberto e o sol predominava, eu fui procurar algo pra comer enquanto ela foi colocar o biquíni, com poucas  pessoas ficamos na piscina eu dei uns mergulhos depois fui ver as noticias no celular enquanto ela estava na água pegando uma cor,

Almoçamos  por la mesmo, e a tarde em casa por causa da semana dormimos a tarde inteira, Jade saiu durante a noite eu ainda levei ela e busquei, Marcelo havia embarcado para o Rio de Janeiro eu fiquei sozinho durante a noite em casa coisa rara depois que conheci ele.

- Bom Dia! (Jade).

- Eu vou te dar um apartamento, pelo amor de Deus me deixa dormir, Jade é Domingo. (Thiago).

- Engraçadinho, Kened ligou e pediu pra gente almoçar juntos. Vamos? (Jade).

- Mas agora é 09:00 da manhã. (Thiago).

- Vamos comigo dar uma volta na orla? Prometo que quando que arrumar um namorado de deixo em paz. ( Jade).

- Vou casar você. (Thiago).

Ela saiu rindo, acabamos andando muito mesmo, e o tempo estava perfeito o sol fresco e tranquilo, andamos mesmo por andar pensei que ela queria fazer ginastica, passamos na casa de Cauã, eu vi ele e ficamos com ele um pouco, depois fomos encontrar Kened.

- Olha se não fossem irmão, formariam um casal perfeito. (Kened).

- Eu sou o perfeito ela é o resto! (Thiago).

- Cala a boca Thiago! Já você é o resto do Marcelo? (Jade).

- Não eu sou o Marcelo melhorado. (Kened).

- Peguei o irmão errado. (Thiago).

Rindo fomos pro restaurante ficamos umas 4 horas lá, só não bebemos mas ficamos conversando muito, no fim da tarde, Jade olhou ao sol dizendo que estava perfeito para as fotos que ela queria, como ela mandou fomos nos preparar, peguei as roupas ela e o Kened o equipamento e voltamos para a praia, só estávamos com a câmera profissional fazendo fotos amadora, que ficaram fora de sério, Kened não acreditava nas imagens Jade empolgou e fizemos algumas fotos para a propaganda, o nosso final de semana foi na revista editando e preparando as fotos.

13 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia