• @richardsongaarcia

Um Recomeço - Capitulo 11

- O que faz aqui Marcelo?

- Desculpe vim ver o Cauã!

- Ver o Cauã? Como assim?

- Trouxe um presente pro garoto, ou não pode isso também?

- Ele está lá em cima, pode subir.

Falou Clara e Marcelo nos deixou, pois havia percebido que estávamos discutindo.

- Que seja do seu jeito então, saiba que não entro em jogo nenhum para perder.

- Eu sei, mas diga isso para o juiz quando ele ver que você tem um namorado.

- Pensei que você não era tão baixa.

- E eu que você fosse mais inteligente.

- Clara mede suas palavras se não te meto a mão aqui de fora mesmo.

- Vai, faça isso...

Deixei ela para trás e subi para despedir de Cauã, quando cheguei so a gritaria no apartamento;

- Pai olha o que Marcelo me deu.

- Marcelo você comprou um Skate pra ele?

- Sim, ele adorou.

- Marcelo ele tem 5 anos!

- Deixa o garoto Thiago, Relaxa.

- É deixa pai.

- Clara podemos ir ao parque, eu trago ele!

- Pode sim.

Eles desceram na maior bagunça olhei para Clara e sai sem alguma palavra. Desci olhei dentro do carro e Cauã estava no carro de Marcelo de óculos escuro e blusa de frio.

- Que isso Meu filho?

- Vou ver as gatinhas pai.

- Ideia sua não é?

- O garoto tem personalidade.

– Traga ele cedo Marcelo e cuide de Marcelo Cauã.

- Você não vem pai?

- Papai tem que trabalhar hoje a noite meu filho.

- Vai pra onde?

- Tenho um evento com César.

- Bem vamos nessa garotão?

Eles saíram e fui para casa troquei de roupa e mandei mensagem para Danilo me ligar, ele logo retornou;

- Boa Noite Thiago!

- Tem compromissos para hoje?

- Não.

- Se arrume dez horas paço na sua casa, vamos a um evento, e quero que participe e me auxilie.

– Tudo bem, mando a localização por Whatsapp.

Tomei um banho e jantei porque nesses eventos não tinha nada pra comer, só beber mesmo, a campainha chamou de short fui atender,

- Boa Noite!

- Entra fica a vontade.

- Obrigado!

- Comeu alguma coisa?

- Não.

- Venha, olha tem umas coisas na geladeira e eu fiz uns sanduiches, fique a vontade olhá lá não tem nada pra comer, só beber.

- Vamos onde mesmo?

- Lançamento da semana de moda dos Estados Unidos, as revistas escolhidas irão para a conferencia em Miami.

- Você sabe que você vai estar lá, não é mesmo?

- Nossa revista é a primeira colocada para ser votada.

Vesti minha roupa e o telefone tocou eu gritei para Danilo atender,

- Thiago tem uma limusine te aguardando lá em baixo.

- A nossa Limusine, vamos estamos atrasados.

Ele disfarçava mas estava com os olhos brilhando, quando chegamos e descemos os fotógrafos vieram como formiga no doce, mas quando viram Danilo os seguranças se aproximaram e nos auxiliaram até chegar a entrada, as perguntas eram as mesma;

“- Thiago o que aconteceu com o Dr. Marcelo?

- Vocês terminaram?

- Esse é seu novo namorado?

- E Junior? Eram um triangulo amoroso?”

Ignorando e agindo tranquilamente tirei algumas fotos com outros convidados.

- Como consegue manter o controle com tais perguntas?

- Porque acha que eles conseguem o que querem?

- Entendi.

- Achei você!

Disse Cesar me pegando no ombro, por trás,

- Quem é o garoto?

- Danilo Menezes, nosso Gerente Geral Cesar Angeloni.

- É um prazer conhecer o senhor.

- Cesar meu novo auxiliar!

- Ótimo, vamos que as frescuras vão começar, e Thiago o Sr. Antunes está entre nos.

Sr. Antunes era o proprietário da revista, sentamos e a noite foi aquela chatice, eu estava conversando com Danilo ele rindo de mim, pois foi sua companhia que amenizou tudo.

- Posso te falar uma coisa?

- Manda!

- Pensei que não passaria na entrevista, e tinha medo de você só me submeti a entrevista por causa do salário.

- Ainda tem medo?

- Não.

- Acho bom, quero e preciso do seu respeito.

- Thiago seu novo pupilo irá para Miami?

- Então Sr. Antunes É a primeira semana dele, mas sim, ele já está apto. Espero que seu passaporte esteja em dia, e o inglês na ponta da língua.

- Está sim, obrigado pela oportunidade, não vai se arrepender.

- Eu nunca me arrependo.

Marcelo me mandou um vídeo de Cauã, gente eu sei que meu filho é inteligente e um garoto proativo, mas o vídeo não dava pra acreditar.

- Quem é esse?

- Seu filho.

- É inacreditável, ele parece que nasceu pra isso.

- Quem é esse Gato em?

- Seu namorado!

- Namorado? Não uso aliança ainda, como namorado?

- Quando está de quatro na cama não diz isso não é?

- Vá se fuder Marcelo.

- Estou entrando no carro vou pro plantão, Te Amo meu executivo.

- Também Te Amo pediatra do meu filho (risos).

Em minutos nos saímos e fomos embora,

- Passa seu endereço pro motorista te deixar em casa tudo bem.

- Ok, nossa vou meus pais poderiam me ver chegando em casa de limusine (risos).

- Bobo, ela é corporativa, quem sabe um dia?

- Meu sonho é chegar onde você está.

- Tem muito chão ainda garoto, só não desiste viu!

- Obrigado pela noite Thiago, sei que foi mais um trabalho, mas me diverti na sua presença.

- Digo o mesmo, até mais!

- Bem Thiago você me conhece e nosso serviço, você pode entrar com uma ação contra para entrarem em acordo nos dias de ficar com Cauã.

- Quero que entre com ação de guarda.

- Thiago você corre o risco de perder, assim como de ganhar, São 50% de chances.

- Sua opinião?

- Clara tem vida financeira controlada já mora com ele e você também tem a vida controlada, o juiz não leva em consideração as polêmicas envolvendo você, sua chance aumentaria se casasse.

- Casar?

- Sim.

- Entre com a ação!

- Tudo bem, continuaremos conversando Por Telefone.

- Até mais Renato.

- Danilo venha aqui por favor.

- Me chamou?

- César me deu a tarefa para reservar o hotel para a equipe em Miami, faça isso, vou te encaminhar um E-mail com os nomes.

- Sim, senhor.

- Ah, Danilo, não vou trabalhar hoje a tarde, okay.

- Clara vou pegar Cauã no Colégio agora tudo bem.

- Vai começar a fazer a cabeça do garoto?

- Não que te interessa vou pegar ele porque viajo daqui 2 dias para Miami.

Desliguei o Telefone e ao chegar em seu  Colégio a secretária foi buscar ele.

- Pai?

- Oi meu filho.

- Que foi?

- Vêm sobe aqui... Papai vai viajar a trabalho depois de amanhã meu filho.

- Eu vou?

- Não Cauã, papai vai trabalhar e não vai ter tempo.

- Hum, e Marcelo vai também?

- Acho que não.

- Ta bom.

- Diz a ê quer fazer o que agora?

- Hum quero tomar sorvete e andar de Skate. - De onde tirou isso de andar de Skate em? - Uai o Marcelo me ensinou. - Sei, vamos entra ai. Fomos para o parque fiquei um pouco comemos besteira e ele de skate pra todo lado,

Depois fomos para casa pegar umas coisas; - Cauã viu o Pau de Selfie do Marcelo? Eu perguntei duas vezes e ele ficou calado, eu fui ao quarto dele e ele estava e cara fechada, não empurrado mas fé cara fechada. - Achou o Pau fé Selfie? - Não. - Que cara é essa Cauã? - Minha mãe não deixa eu falar palavrão. (Pau de Selfie, risos), tadinho eu ri da cara dele, ai meu Deus, levei ele para a praia, Cauã ficou loco pois não contei a ele, entramos um pouco na água e estávamos andando no calçadão; - Pai me da o Skate. Ele foi andando e eu criei coragem peguei o skate do Marcelo e meio que fui junto com ele, logo alcancei ele, - Papai você não me pega. - Há Garotão.

Terminamos aquele dos na areia brincando, estávamos precisando de momento como este eu e ele, sem Clara, sem serviço, sem Colégio e até mesmo sem o Marcelo.

Deixei Cauã em casa por volta de 6 da tarde, ele entrou e meu celular chama era César. - Boa Tarde Thiago! - Joia César. - Eu esqueci de Kened. Me faz um favor chama ele para a viagem tudo bem, se desculpe com ele por mim. - Tudo bem César. Fui em casa tomei um banho e peguei o Fubá para levar para Marcelo, - Não olha assim, vai ser só uma semana. Disse eu falando com um cachorro.

Toquei a campainha do apartamento deles deixei o Fubá na porta me escondendo. - Fubá? Marcelo vem aqui. - O que o Fubá está fazendo aqui? - Brigou com Thiago de novo? - Vai se fuder Kened. - Trouxe o amido de milho pra fazer companhia a Marcelo porque o Keynes vai comigo a Miami. - Não brinca? - Pois é. - Há valeu Marcelo. - Foi César que pediu pra te avisar, eu não Levaria um espião. - Pois e Thiago meu irmão vai ficar de olho em você, qualquer coisa Kened desce o braço nele. - Vamos entre, mas sei Thiago viajamos quando? - Na madrugada de amanhã para depois. - Vem aqui, eu to cozinhando. - Você Marcelo? Eu vou é sair do prédio. - Hahaha' que lindo você. - O micro-ondas está fazendo pra ele Thiago. - Vocês me matam de rir. Pegando na minha mão me levou até a cozinha, Marcelo estava esquentando uma lasanha, sabem aquelas prontas. - Passei a tarde com Cauã, até skate ele me fez andar. - Caiu? - Rapaz eu sou bom em tudo que eu faça. - Adoro quando você fala comigo como um de seus funcionários. Marcelo veio por traz da cadeira onde eu estava sentado me beijando no pescoço, me virei e ficamos beijando ali. - Já que vou para Miami, vou a casa de minha namorada, vocês entenderam ne, aproveitem. - Casa vazia. Disse Marcelo tirando a camisa, eu fiquei rindo como bobo dele que foi pegar seu "jantar". - Aceita? - Eu não como isso, e coloca essa camisa eu não estou com fome, valeu. - Hum, e Thiago o que decidiu sobre Cauã? - Entrei com uma ação de Guarda. - O que? Thiago sabe que vai perder. - Não funciona assim Marcelo. - Poxa porque não entrou em um acordo? Você ficaria no mínimo 3 dias com ele de boa. - Eu já decidi Marcelo. - Não toco mais no assunto, depois não diga que não avisei. - Pode até ser, do queria que as coisas se acalmassem. - Ta falando do que? - Eu to cansado de tanta na cabeça, queria sossego, pelo menos uns dias. - Olha você que escolheu isso, é. Bem sucedido, tem um filho maravilhoso, e eu, que te adoro tanto, esse é o preço. - Marcelo afasta esse cachorro da mesa. - Bond, James Bond.

- Ah meu Deus era o que faltava. Fomos pro seu quarto assistindo TV e comentando sobre o programa, - Vamos deitar? - Quero deitar não. - E quer o que? - Vou te dar uma pista. Sentei em no colo de Marcelo beijando ele e suas mãos subiram meu short passando por minhas nádegas.

Deitei em cima dele beijando e sarrando todo em cima desceu corpo quente, beijando seu pescoço ele se contorcia quando chegava perto de sua orelha, passava as mãos em todo seu corpo, e quando pegava em seu cassete por cima da calça, Marcelo gemia, eu segurava sua boca e beijava ele com força, chupando sua língua,

- Caralho que fogo é esse?

- Transa de despedida (risos).

- Deixa eu te deixar no jeito então

Ele me virou e deitou por cima tirando sua roupa, e eu desci meu short, Marcelo veio me fazendo umas massagens nos pés e logo suas mão me viraram e com pegadas fortes passavam por minha bunda e subiam até minhas costas, ele colocou seu cassete e enquanto passava suas mãos eu nem percebi que ele estava me penetrando, puxei um pouco as pernas e ele ficou encaixado em mim, e eu bem empinado com a cabeça baixa em meio lençóis e Marcelo me fudendo com vontade, nossa suas pernas grosas e bunda redonda me fascinava, ele era muito gostoso, os seus movimentos me faziam delirar e gemer alto de prazer. Marcelo me colocou de frango assado e com as mãos segurando minhas pernas seu cassete acho u o caminho de meu cuzinho entrando e ele rebolava para eu sentir mais e mais seu mastro dentro de mim, ele se abaixou me beijando mordendo minha orelha e passando pelo meu pescoço, eu só gemia baixo chamando ele de gostoso, ele voltou a bombar forte e me segurando com força, Marcelo iria gozar, foram vários jatos de porra que me fizeram contorcer. Suando e me olhando com aquele olhar e sorriso meio boca que não há nada que pague, Marcelo era um Deus Grego, algo sem defeito e uma maquina de sexo na cama sem igual.

0 visualização
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia