• @rgpatrickoficial

Sempre o Melhor Amigo - Segunda Temporada - Capitulo Final

Deitamos na cama, ele me beijando e roçando meu cassete em sua bunda, rebolava e se mexia todo, quando sentiu em mim, a cada centímetro que entrava eu me contorcia só de vê-lo sentindo dor por sentar no meu cassete, depois de enfiar até o talo eu já estava louco naquele momento, começou a cavalgar em mim, subindo e descendo, tirando quase todo meu cassete de dentro dele e colocando novamente era alucinante, foi quando minha mãe chamou na porta do quarto;

- Vitor, vou ao shopping quer algo?

O que? Como assim? Acordei olhei pro lado da cama e estava só, não podia acreditar um sonho?

- Vitor?

- Cadê o Luan? Perguntei abrindo a porta do quarto.

- Saiu cedo. Voltei a minha cama e cai nela com uma imensa decepção é claro com cara de idiota feito por mim mesmo.


#Caio


Assim que cheguei fui direto pra casa estava com saudades do Homie, peguei e brinquei com ele como bobo.

Fui a casa de minha mãe e Jean estava lá com Larissa, estavam conversando sobre uma festa que teria próximo a cidade, claro eles não poderiam ir dirigindo sozinhos;

- Caio vamos você vai gostar! Jean e Larissa pedindo a todo momento.

- Caramba tudo bem, e quando é isso?

- Hoje a Noite.

- Beleza, Jean passo na sua casa daqui 2 horas.

- Falou. Disse ele indo embora, Larissa saiu como louca quando eu disse que sairia em 2 horas, ela correu para se arrumar,  minha mão estava conosco na cozinha só ouvindo nossa conversa;

- Ela ama sair com você.

- Pois é.

- Diz que adora exibir seu irmão por ai, e isso não se dispersou depois de nossa ultima conversa.

- Por isso que eu amo vocês.

- E Luan, como ficou lá?

- Pouco tenso sabe.

- Você gosta muito dele não é meu filho?

- Você não faz ideia mãe, eu colocaria minha vida na mão dele.

- Vem aqui. Disse ela me abraçando. Mesmo que seja por pouco tempo, mesmo que não dure faça tudo valer a pena, viva cada minuto como se fosse o ultimo Caio.

- Obrigado, adoro seus conselhos.

Fui pra casa me arrumar, pensei comigo sair com esses dois é sempre uma aventura, entrei no meu facebook por um momento e havia convites para o evento, era em uma chácara muito grande próximo a cidade, seria uma festa particular, cheguei na casa de Jean entrei já gritando;

- A donzela vai demorar? De repente ele chega todo arrumado, todo boymagia.

- E ai  oque acha?

- Jean você vai pro mato assim?

- Sabe quem vai estar lá? Eu vou pra causar, e sair com você ninguém nota eu e Larissa.

- É claro olha pra mim, sou bem mais gostoso que você.

- Posso ir dirigindo?

- Me leva até em casa. Em casa quando Jean buzinou e Larissa veio até nos, Caralho ela estava perfeita, botinha short branco alto na cintura, top cor de pele cabelo maquiagem.

- E ai como estou, perguntou ela de longe.

- Você está linda. Disse eu todo babando.

- Muito Gostosa. Disse Jean sem piscar, eu dei um murro nele.

- Tem medo de morrer não. Pegamos Larissa e uma amiga dela chegamos no local havia muitos carros, estacionei e entramos, e claro chamamos a atenção que queríamos, acho que pela aparência, Jean estava com camisa manga cumprida, relógio calça apertada, pulseiras e um cabeço bem alto, eu estava de camisa quadriculada e bem discreto, Larissa linda e perfeita como sempre, andei um pouco eu não conhecia quase ninguém vi no máximo 10 pessoas conhecidas, o resto tudo de cidades ao redor, adorei aquilo pois eu poderia aproveitar sem ter influencia no meu trabalho, andei um pouco e já perdi Jean e Larissa, havia umas 400 pessoas no local a musica eletrônica, eu fiquei no bar bebendo um pouco, encontrei alguns amigos do futebol.

Depois também alguns do escritório.

Eu já estava alterado Jean me encontrou eu estava com um cara que não conhecia de short e conversando como se fosse meu melhor amigo.

- Viu Larissa. Perguntei a ele.

- Não mano acho que não. Disse Jean pausadamente estava caindo de bêbado, logo o perdi novamente, fui procurar um banheiro e vi Leonardo lá dentro;

- Caio, tudo bem com você?

- Eu acho que sim. Respondi me encostando-se à bancada, o banheiro fica aos fundos e tinha só eu Leonardo e mais um cara na fila, era escuro.

- Esse é meu vizinho que te falei. Disse Leonardo pro cara.

- Eu sou vizinho dele. Falei igual idiota rindo.

- Cadê seu cão de guarda? O Luan?

- Se mudou pra São Paulo.

- Quer dizer que está solteiro?

- Eu não disse que estou solteiro, somente que ele se mudou. Ele sorriu e saiu sem graça, depois que sai do banheiro encontrei Larissa.

- Nossa Caio você está pior que o Jean, vamos embora.

- Não, que quero ficar.

- Você nem sabe o que esta falando, vamos. Com extrema dificuldade ela encontrou Jean e trouxe pro carro, foi o que eu lembrava.

Acordei no dia seguinte com a cabeça explodindo, estava no meu quarto e o pior nem se como havia parado lá. Levantei fui ao banheiro e a sacada estava aberta pensei em Homie, ao perceber que Jean estava lá olhando a paisagem.

- Que noite foi essa mano? Perguntou ele.

- Não sei nem como cheguei até minha cama. Respondi e começamos a rir.

- Te amo cara, não tem ideia,  você e meu irmão.

- Eu também Jean, você sabe cara.

- Me dá esse apartamento?

- Hahahah’ seu viado vamos vou preparar algo pra comer, depois te deixo em casa. Como nem eu e nem ele sabemos cozinhar saímos para comer besteira na rua. Depois o deixei em casa, e fui até casa de minha mãe ver Larissa que nem havia acordado, logo fui pra casa falar com Luan.


#Luan


Passei o dia mudando e ainda tinha muitas coisas para fazer, o apartamento estava nossa cara, não tinha ideia de como era “morar junto”, mas adoraria compartilhar esse sentimento com Caio, estava falando com Jean e logo ele me chama no Whatsapp, conversamos tipo horas sempre até dormir, e ele me contou sobre a festa tipo tudo, contou do veado do Leonardo, ai que raiva eu queria ir lá e jogar aquela bixinha do prédio, infelizmente contei pro Caio que havia ido a casa de Vitor em São Paulo, ele com certeza ficou puto até porque caio é um poço de ciúmes, em meio as conversar ele diz;

- Gato não tem ideia o tesão que me dá, só de falar com você?

- É mesmo, deixa eu te mostrar como estou aqui, pensando em você Caio. Mandei uma foto pelado, só com o lençol no corpo,

Ele me xingou todo por não estar comigo, respondi que logo isso não seria problema.

- Eu te Amo Luan, e logo vou estar ai com você.

- Eu também te Amo Caio!

- Eu vou bater uma aqui pensando nessa foto que você me mandou. Disse Caio me enchendo pela foto.

- Amanhã a tarde chego ai definitivamente.

- Tudo bem te pego no aeroporto, até amanhã, boa Viagem.

- Até.

Desligamos e fui dormir, como havia arrumado tudo menos a limpeza da casa, o fiz, passei o dia lavando e esfregando ai sim, estaria 100%.

Caio chegou às 17:00, eu estava no aeroporto nem desci do carro ele já estava do lado de fora.

- A cada dia que passa você fica mais lindo?

- Para Caio.

- Você tem que aprender a receber elogios Luan.

- Agora somos marido e mulher, e eu não sou a noiva.

- Hahaha' vamos embora.

Chegamos no apartamento ele ficou deslumbrado, e eu tranquilo pois estava apreensivo se ele gostaria, arrumamos e preparamos suas coisas,

- Pronto agora sim, na minha casa. Veio dele de short branco e boné todo folgado.

- Espero e peço que aqui tenhamos tranquilidade e sejamos felizes. Disse ele ao meu lado na bancada.

- Amém. Ele riu e me fez um carinho.

- Vamos pro quarto?

- Pra que? Perguntei me fazendo dendesentendido.

- Desde que viajei estou querendo te traçar, vamos!

- Me traçar? Que ótimo palavreado para um advogado.

- Vamos Luan, quero introduzir meu pênis no seu anus, assim está bom pra você?

- Não prefiro você safado.

- Então vem aqui. Me pegou pelos braços e levou até o quarto, como Caio estava explodindo de tesão, em meios amassos ele abaixou o short e eu o meu, como seu cassete estava bem melado já foi introduzindo em mim e eu gemendo alto, era aditivo pra ele que forçava mais ainda, deitado do meu lado ele puxava meu cabelo para trás, me deixando louco e me comia rapidamente, com força e eu arranhava suas coxas ele gemia, logo gozamos juntos, como era bom ter ele ali novamente.


#Caio


Acordei cedo no dia seguinte Luan já estava tomando café, ele iria para o primeiro dia de trabalho e eu fui correr um pouco, conhecer onde morávamos,

Voltei e pedi algo para comermos e estava lendo enquanto aguardava ele,

- Caio, cheguei... Caio?

- Aqui Luan.

- Tudo bem?

- Sim porque?

- Você lendo? Apontei o dedo pra ele almoçamos e eu estudei mais um pouco, Luan passou sua hora de almoço dormindo quando deu sua hora fui chamá-lo e parei na porta do quarto com aquele monumento deitado na cama.

- Assim meu pau fica em paz.

- Oi? Deitei em cima dele,

- Acorda, sua sorte é que está atrasado se não eu iria te comer desse jeito seu tesão.

- Cala a boca e me deixa ir. Ele se levantou e foi trabalhar.

No dia seguinte acordei e ele não estava no apartamento, fui até a sacada olhar o dia que estava perfeito,

- Olha adorei aquele espelho do elevador. Disse Luan entrando com umas sacolas.

- E por Tá dizendo isso?

- Olha!

- Nossa até eu gostei. Quero você desfilando sem camisa por ai Não em. Ouvimos à campainha,

- Olá.

- Eai?

- Sou o vizinho de vocês, firmeza?

- Tranquilo.

- Então vi que acabaram de se mudar, o que acham de uma praia? Mostro um pouco da cidade pra vocês, a gente olha umas minas na praia, Eai?

Olhei rindo pro Luan que não disse nada.

- Já é.

Não perderíamos nada em 30 minutos estávamos já sentados e aproveitando todo aquele sol maravilhoso.

No fim do dia, estávamos mais reservados em outro local;

- Lembra a pergunta que eu te fiz ah um tempo atrás?

- Qual?

- Por que você me ama?

- Sim.

- Lembra sua resposta?

- Eu te amo, porque você poderia escolher amar qualquer outra pessoa mas não você escolheu me amar.

- Isso mesmo, posso te falar uma coisa?

- Sim.

- Luan, eu penso nestas mesmas palavras todos os dias antes de dormir, me deixam mais forte, mesmo bêbado, depois de sexo, bravo ou estressado, me faz lembrar e refletir de como é bom estar com você.

- Ah alguns meses eu deixei você sem graça, agora eu não sei o que dizer.

- Vem aqui.

- Obrigado por esse presente Deus, acho que não há como descurtir que o que existe entre nós é obra dele.




Os protagonistas Caio e Luan, moram em São Paulo agora, Luan está seguindo a profissão que estudou e se preparou, na qual, Perito Criminal, seu irmão Jean mora agora com sua mãe, e Luan os visita uma vez no mês. Caio abriu uma filial dos escritórios da família em São Paulo, mesmo recomeçando em uma cidade nova e grande, já possui bastante serviços, é diferente de Luan sempre que pode vai ver sua mãe e sua irmã por obter mais tempo livre.

12 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia