• @rgpatrickoficial

Sempre o Melhor Amigo - Segunda Temporada - Capitulo 2

- Pra quem estava bêbado, você até que está bem sóbrio. Soltei seu cabelo e sai deixei a porta entreaberta, fui pro meu quarto deitei furioso comigo mesmo pela atitude que tive na boate e com Leonardo aproveitando da minha boa vontade, demorei pegar  no sono.

Acordei mega cedo deixei um bilhete na mesa para Leonardo e fui para a academia, cheguei dentre 2 horas e tomei um banho, fui à casa de Luan.

- E ai!

- Beleza?

- Desculpa por ontem, você me conhece eu perdi o...

- Caio na boa já aconteceu isso antes, vamos esquecer isso tranquilo. Eu sorri e beijei ele, Luan fez um lanche pra gente e a mãe dele chega toda alegre gritando;

- Meu filho, chegou!

- O que foi mãe? Perguntou ele meio que sem entender.

- A carta do Intercâmbio, dizem que se tirar nota acima da média, consegue seu treinamento. Ela gritava e abraçava Luan, eu fui ao banheiro lavei o rosto e voltei a cozinha depois de conversar sobre o tal curso perguntei.

- Intercâmbio Luan?

- Eu iria te falar.

- Que bom que pensou em mim pra contar esse detalhe, ou eu iria saber quando você viajasse?

- Caio sem drama, e sim recebi a proposta como todos os outro que vai cursar a Federal, e outra nunca vou te deixar ser o último a saber de algo, e que sirva a você também.

- Vamos dormir lá em casa? Perguntei beijando sua mão.

- Vamos sim.

Chegamos e ele foi pro sofá enquanto eu tomava banho, de repente ouço a campainha, gritei para Luan atender.


#Luan


Estava na sala e 23:00 da noite a campainha toca, pensei pronto só falta ser o Leonardo.

- Boa noite, desculpa a hora, o Caio está? Perguntou ele com uma cara cínica é uma voz arrogante;

- Sim, no banho volta outra hora beleza. Falei fechando a porta, ele me impediu com a mão falando;

- Queria pegar a chave do meu carro deixei aqui ontem.

- Ontem? O que você estava fazendo aqui?

- Eu dormir aqui. Eu não falei nada só me encostei na porta fiz sinal com a mão para que ele entrasse, foi no quarto pegou as chaves e saiu agradecendo.

Caio saiu do banho de toalha na cintura e veio sentando do meu lado com a mão na minha coxa vindo me beijar, eu virei a cara e ele se afastou;

- Quem era? Perguntou ele já sabendo.

- O Leonardo, sabia que a chave dele ficou aqui, poise ele dormiu aqui Caio, você se lembra disso?

- Luan eu posso explicar... Caio começou a se explicar e falou tudo eu não duvidei até porque confio e acredito nele, mas fiquei puto com a história do beijo.

- Está brincando com a minha cara, que foi? Estava grilado pela noite passada?

- Luan ele me beijou de surpresa.

- Caio olha o seu tamanho, parte pra cima de um cara que mora ao lado da sua

Irmã, mas não consegue afastar um magrelo que te beijou, na boa assim fica difícil cara.

- Vem aqui! Caio se aproximou me abraçou e falou no meu ouvido. Desculpa eu sei que errei, foi mal não vai acontecer de novo.

- Caio eu te amo você sabe e confio em você, mas não confio no seu vizinho, se eu pegar ele aqui de novo a coisa não vai ficar boa, não gosto dele vou jogá-lo pela janela.

Eu sorri abracei ele e fomos pro quarto pegamos no sono abraçadinhos.


#Caio


Acordei mais cedo que ele tomei um banho e pensei vou fazer um café pra ele para reconciliar, eu estava na cozinha liguei a cafeteira e peguei os copos coloquei na bancada quando me virei com a jarra de café derrubei os copos que quebraram, olhei pro chão aquela bagunça, Luan veio correndo assustado;

- Que foi isso?

- Bom dia? Falei com a mão no cabelo e com vergonha.

- Você está gostoso desse jeito com cara de culpado, mas fica ai vou pegar uma vassoura. Luan e eu arrumamos a bagunça na sala.

- É... Vamos comer fora? Perguntou ele rindo.

- Vamos sim. Trocamos de roupas e saímos, fomos em uma padaria de frente a minha casa, Luan estava comendo umas frutas e uns pães, olhei pra ele com aquela cara mais lerda;

- Você é lindo sabia?

- Para Caio. Nem terminei de falar e chega o garçom a nossa mesa.

- Desculpe senhores mas as garotas da mesa 5 pediram para entregar a vocês esse bilhete, licença. No guardanapo estava escrito o seguinte. “ Vocês são muito lindos que tal trocarmos WhatsApp? Se a resposta for SIM, um sorrisinho. Se a resposta for NÃO, um mortal para trás.” Quando eu terminei de rir, Luan riu muito eu também não me aquentei e rachei de rir também,

- Pode falar, criativo!

- Sim, coloca os telefones ai, vamos azarar elas e deixar baixo.

- Falou. Escrevi os telefones, chegamos à mesa delas Cumprimentamos e nós apresentamos e deixei o bilhete com os números.


#Luan


Caio me deixou em casa, minha mãe estava em um tipo de faxina eu acho é sobrou até pra ele ajudar, depois de muito lavar, esfregar e limpar, por fim ele tomou um banho e vestiu umas roupas minhas, na verdade foi só uma cueca mesmo, ele ficou na cama e eu tomei um banho também, sai de toalha mesmo é quando entro no quarto;

- Ah vai se fuder, que porra é essa Caio? Ele estava no notebook de costas deitado de barriga para baixo, com uma cueca minha que ficava super apertada nele, no caso ficava muito sex, a luz estava apagada a janela fechada só com a claridade do PC e do banheiro, ele tinha as pernas grosas e lisas, as costas bem marcadas, meu cassete subiu na hora;

- O que foi agora? Perguntou na maior cara lerda;

- Olha o jeito que me deixou! Sai e não tinha ninguém em casa, entrei no quarto e tirei a toalha e fiz para que ele me chupasse, Caio era másculo e ver ele chupar meu cassete me deixava louco de tesão me controlava para não gozar em sua boca, suas mãos fortes apertavam meu cassete e ele chupava com força;

- Não queria novidade no sexo. Falei enquanto ele limpava sua boca, ele sorriu e eu coloquei ele de quarto e subi em cima da cama, cuspi em seu cuzinho e já fui enfiando com vontade Meu cassete nele que já se contorcia, eu ouvia entre gemido “Fode seu Viado”, “Caralho que gostoso”.

Entre outros xingamentos, eu o surpreendia com tapas, e puxões de cabelo, tinha um tempo que Caio não fazia o passivo, e eu sentia o tesão dele escorrer em seu rosto e passar pelo seu sorriso. Não demorei muito pra gozar e fiz isso em sua boca, ele engoliu minha porra, eu fiquei sem entender mas aprovei, só assustei pois ele se levantou e me beijou, senti no fim o gosto do meu esperma, denso e salgado. No fim do beijo ele com a mão no meu cabelo desceu minha cabeça em seu cassete que não demorou muito para gozar, logo foi em meu rosto. Tomamos outro banho ele todo alegre foi embora fazendo sinal que me ligaria mais tarde.


#Luan


Já na segunda-feira eu iria fazer minha prova seria na capital a 150 km de minha cidade, fui e deixei o celular no carro, para não me dispersar, assim que peguei a prova fiz como sempre responde as mais fáceis primeiro depois voltei respondendo as mais complexas, fui o antepenúltimo a sair e aliviado agora ficaria somente a angustia do resultado em semanas. No sábado fui jogar bola com o galera, muito tempo que eu não curtia com eles, Caio e todos haviam chegado e nos preparativos faltava um entre nós, opinei em chamar Thiago e a maioria concordou, começamos e logo me chega um “Cristiano Ronaldo” em campo, o Thiago estava com uma bunda e coxas que eu não havia percebido antes, me desculpe mas eu tive pensamentos maliciosos aquela momento, o jogo percorreu normalmente mas Thiago não só jogava o cara era profissional, sabia cair não reclamava dos lances e marcava como ninguém fora os ataques, só ele marcou 4 gols de um placar de 5x3 pro pessoal da academia que saíram grilados, o nosso time todos elogiaram Thiago e falando na minha cabeça agradecendo por trazer ele quem não gostou da ideia foi Caio, mas me surpreendeu quando chamou todos para casa de sua mãe, para a velha e antiga piscina, no fim da noite já era festa, o pessoal do futebol tinha mais pessoas, e já estávamos todos alcoolizados, eu já ia embora quando caio pediu para dormir la, voltamos a piscina e estava Thiago e Larissa conversando; - Ei vamos subir já, Luan ta meio ruim. Disse Caio para eles na piscina, eu estava pouco mais longe na porta da cozinha, e Thiago vira para trás e grita com a cerveja como se fosse um brinde. - Ultima vez que você bebe em Forence! ( Forence para os que não entende é referente a um investigador americano, no caso Perito Criminal). Ele falou eu meio sem entender fui ate a piscina disfarçando e perguntei; - O que disse? - Você não fez a prova na segunda-feira? Foi pra Federal não foi? Eu estava lá! Caio como eu não estava entendendo nada. - Como assim estava seguindo Luan? Caio perguntou se aproximando dele. - Não, eu também fiz a prova concorrente! Sem nenhuma palavra só Olhei pro Caio, ele já estava possesso, nem deu bola e subiu pro quarto eu enrolei um pouco com Thiago e subi quando entrei no quarto ele estava no banho, sem excitar entrei; - Você sabia? Perguntou ele de costas pra mim. - Não. Ele respirou e se virou. - A cada dia que estamos juntos eu Te Amo cada vez mais, as vezes me pergunto como pode isso, mas não sei dizer, e a cada dia é uma prova a mais de confiança que eu tenho que enfrentar em ter você do meu lado, Luan não vou aguentar em ver esse cara viajando com você para o treinamento. - Eu também sinto o mesmo por você, depois a gente fala sobre isso Caio, esfria a cabeça, nem sei se fui aprovado.

- Se você não foi esquece os outros. Eu sorri e dei um beijo nele, que logo terminou seu banho, eu passei ma agua no corpo e deitei acho que estávamos tão cansados que pegamos no sono muito rápido.


#Caio


Acordei antes do Luan e fui ao banheiro e desci, minha mãe estava terminando de passar o café;

- Ai vou te contar esse cheiro de manhã, faz falta sabia! Disse eu pegando uma xicara.

- Isso é com pra você pensar duas vezes antes de sair de casa, e deixar sua mãe e sua irmã.

- Olha o drama Mãe. Falei rindo.

- Que drama o que menino, nem ama mais a gente. Falou ela dando gargalhadas, abraçei ela e fomos tomar café logo Larissa e Luan descem juntos la de cima.

- Vocês dormiram juntos? Perguntou minha mãe, olhei meio que assustado pra ela.

- Mãe. Falei reprendendo- a.

- Não Senhora, dormi no quarto de Caio. Respondeu Luan rindo.

- Não estou brigando com ele caio, Sorte grande ter Luan como genro.

- Considero Larissa como irmã já, com tanto tempo de convivência, acho que nem rolaria.

- Concordo Gato. Larissa respondeu ainda dormindo.

- Ai minha filha tem o Caio também. Todos olharam pra minha mãe, Luan disfarçou rindo eu e Larissa ficamos tipo ah?

- Não liga pra ela hoje Luan está assim desde cedo. Falei meio que mudando de assunto. Saímos e deixei Luan na casa dele, fui pra casa tinha uns processos que iria estudar no domingo a tarde, o tempo estava meio frio eu iria aproveitar. Era 17:15 da tarde naquele dia e a campahia toca olhei pela porta era Leonardo, como eu estava só de short, resolvi dar o troco, ele não me beijou vou provocar ele, mas não vai ter anda que queria de mim, abri a porta do jeito que estava.

- Posso entrar?

- Sim, Claro... Então oque posso ajudar? Falei indo até a cozinha,

- Preciso de ajuda com um móvel em casa. Peguei uma maça na geladeira.

- sim vamos la. sai e deixei o meu apartamento com a porta aberta para ele ver que não demoraria, nos andares eram 3 apartamentos cada por serem amplos, ajudei ele com uma cômoda que estava no meio da sala, despedi e fui pra casa, nem entrei e ouvi meu celular chamando, era Luan, kkkkkkk’ acho que ele tinha adivinhado.

- Oi.

- Dormindo?

- Não estava estudando uns processos.

- Ata desculpe, Caio já leu “A Culpa é das Estrelas”?

- Não, Luan sabe que eu não gosto desse tipo de livro.

- Ai seu fresco, então vamos ao cinema comigo assistir?

- Hoje?

- Sim.

- Tudo bem, então passa aqui e me pega. Fiquei com aquela papelada até minutos antes do Luan passar, sem tempo só troquei de roupa e sai, o filme é triste e muito triste Luan chorou quase o filme todo, eu não resisti no finalzinho, aff me deu uma raiva, kkkkkkk’, ele me zuou o resto da noite por aquilo, fomos pra casa e ele dormiu la, como o resultado do vestibular não havia saído ainda e Luan não estava bem, eu não insistia em sexo, mesmo com vontade.


#Luan


Na segunda-feira feira chegando em casa depois de dormir com Caio, meu irmão me liga chamando para ir a clube eu concordei e estávamos com uma galera amigos dele, eu fui para pegar uma cor. Estava no bar e vejo de longe Thiago, estava lindo diga-se de passagem, chegou me cumprimentou falamos cobre muita coisa, ele me contou que também cursou a Federal mas no caso dele foi para Policia mesmo, ele falou da Larissa que estava afim dela e tals, eu claro joguei lenha na fogueira, e dei uns conselhos e fomos pra piscina até ele mudar de assunto e quase me matar me “jogando contra a parede”;

- Ei posso te pergunta uma coisa mano? Ele passou a mão e colocou o cabelo pra traz, estava sentado do meu lado na piscina

- Manda!

- Luan você é Gay? Thiago perguntou com a cara mais lerda mordendo a mão.

- É ... Não! De onde tirou isso cara?

- Vai pode falar, eu sei!

11 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia