• @rgpatrickoficial

Love is Love - Capitulo 5 - Léo e Natan

#Luan


Sai mais cedo do quartel e fui para ver Caio, ele tinha uma sala na revista e uma no escritório em outro endereço liguei para ele e fui para a revista, assim que cheguei ele estava todo lindo sentado com um monte de processos na mesa. Me aproximei e virei sua cadeira e abaixei para beijar ele mas a porta abriu na hora;

- Olha queria saber se...

Era o Thiago, eu olhei pra ele com uma cara irônica e Caio se voltou para ele que ficou pouco sem graça;

- Desculpe, Caio o contrato da Laffit está pronto? Vou me encontrar com Matheus agora e já pediria para ele assinar.

- Sim está pronto, só um momento. Que vou chamar meu assistente.

Caio saiu da sala para pegar o contrato com o garoto e Thiago com uma indiferença na sobrancelha entra desconfiadamente;

- Sempre anda fardado?

- Eu sempre ando em alerta.

- O que faz mesmo? É investigador?

- Perito Criminal Federal.

- Assim um Forense!

- Sim e também policial federal, porque?

- Seu distintivo na altura do peito.

-Está aqui Thiago, ele tem que assinar todas as paginas e rubricar a ultima. Meu assistente te acompanha, como testemunha.

- Obrigado, até mais Luan. Vamos rapaz, e deixar eles a sós!

Deu um tchauzinho e Caio rindo disse;

- Luan para de enfrentar ele.

- Eu não enfrentei ele, ele que fica me olhando diferente.

- Thiago já é meio paranoico e você ainda não o deixa em paz.

- Não faço nada demais.

- Você está armado.

- Caio é meu trabalho.

- Vamos Luan, antes que decide usar ela com Thiago.

Fala de mim mas coloca seu assitente com o louco, coitado do garoto, Saímos e passamos no mercado para comprar umas coisas e direto pra casa,

- Vou tomar um banho, vem comigo?

- Sim Caio, só um momento.

Entramos e ele estava todo romântico, e fofo.

- E que foi em? Está diferente.

- Nada é que me lembrei o quanto te amo.

- Está querendo o que em?

- Precisa falar?

Disse ele me colocando contra parede e beijando meu pescoço, ele desligou o chuveiro, e sem a água para esfriar nossos corpos, seu beijo acendia um calor em mim incomum, ele estava bem apressado me virando e passando a mão em minha bunda, por toda ela massageando e abrindo e fechando, foi colocando seu cassete bem na minha entrada e forçando, porém demorou muito para entrar, depois que Caio começou a penetrar e falou baixo em meu ouvido.

- Está virgem novamente?

Eu somente ri em meio a uns gemidos, sua boa estava em minha orelha, não com a língua somente sentindo sua respiração em mim, enquanto movimentos de vai e vem de seu quadril, me fazia sentir todo seu membro entrando e saindo, Caio realmente estava me sentindo, bem devagar, eu gemendo e ele sorrindo em meu ouvido, até quem tirou seu cassete me conduzindo até a cama.

- Vem quero você olhando pra mim.

Deitei de frango assado enquanto ele me penetrava eu estava delirando olhando aquele homem com cabelos meio molhados, e gotículas de água em todo seu corpo que fazia nossos toques bem mais densos, uma mão sua segurava meu cabelo, e a outra aberta em minha coxa, seu rosto de frente pro meu, me encarando entre beijos seus olhos fixados em minha cara enquanto gemia, até no meio de um beijo dizer que iria gozar, foram alguns jatos em mim e seu corpo caiu por cima do meu resmungando.

- Todo esse tempo e ainda consegue acabar comigo.

Um banho e ainda saímos pra comer fora, noite mais que perfeita.

No dia seguinte eu dei carona para Caio e fui para a delegacia, e tínhamos uma reunião logo cedo,

- Vamos começar uma investigação a algumas construtoras e empreiteiras aqui do Rio, a operação será conduzida pelo Coronel Ferreira e Capitão Borges...

Conduziram eu e mais um Coronel para a missão e tínhamos primeiro que estudar, isso levaria uma semana mais ou menos, eu fiquei com as construtoras e ele com as empreiteiras.


#Beto


- Amor você marca seção de fotos e atrasa, deve estarem te esperando.

- Aí Beto estou indo.

- Estamos atrasados Henrique.

- A babá pegou Ayla?

- Sim, vamos.

Eu iria acompanhar Henrique no primeiro dia de fotos na revista, até porque eu iria resolver umas coisas por perto e achei melhor ir com ele.

Assim que chegamos o Leonardo nos conduziu até o estúdio, quando chegamos fomos recepcionados por Jade Monteleoni, uma famosa fotógrafa.

- Prazer Jade, esse é meu marido, Alberto Tavares.

- É um prazer conhece-la.

- Bem Henrique fique a vontade, os maquiadores estão aguardando e vamos começar com algo básico para ver seu trabalho.

Henrique foi conduzido para os maquiadores e Leonardo sentou em um computador selecionando as luzes do estúdio e Jade estava limpando as lentes de uma câmera. Eu me sentei ao canto e Henrique começou a troca de roupas, e as fotos se iniciaram, como sempre meu amor estava perfeito, eu me levantei pois ela pediu fotos com sorrisos espontâneos e fui ajudar, quando entra na sala um cara meio loiro, de terno olhos azuis rosto e boca perfeitos, me comprimento da um oi para Henrique e senta com Leonardo;

- Então Léo, como estão ficando?

- Cauã estão melhor que pudesse imaginar, olha isso.

Eles estavam conversando entre si, até que Cauã me olha e diz.

- Eu conheço você! É Alberto? Alberto Tavares não é mesmo?

- Sim, prazer.

- Cauã, Cauã Monteleoni, prazer todo meu, então Ele fotografa perfeitamente não é mesmo?

- Sim, Henrique realmente é peculiar.

- Porque não vai lá? Da uma forcinha.

- Acho melhor não.

Jade ouviu e pediu para eu me trocar e acompanhar Henrique que foi descansar, me maquiavam enquanto me trocava, e entramos juntos, chegaram o Thiago e mais um rapaz na sala ficaram olhando com os olhos brilhando, Cauã tinha um sorriso de orelha a orelha. Eu e Henrique fotografamos pela primeira vez juntos e todos aplaudiram quando Jade terminou.


#Thiago


Me espantei quando abri aquela estúdio e vi os dois modelos fotografando, era perfeita a sintonia as fotos tiveram 90% de aceitação, com poucos descartes, mas meu dia estava bom demais para ser verdade, Caio me chamou na sala dele, quando cheguei uma péssima notícia;

- Fiz o que pude, mas não foi retirada a queixa contra você por ter agredido o gerente da tal revista.

- E agora?

- De acordo com o tribunal, vamos ao júri, e a chance deles ganharem é grande de saírem ganhando Thiago.

- Eu vou ser preso Caio?

- Vou fazer o possível para ser reclusão aberta ou cesta, até mesmo multa.

- Caio!

- Calma Thiago, mas você entrou em uma empresa e agrediu o gerente!

- Isso tem que ter um jeito.

- Desculpe mas se não termos uma testemunha, ou provas, não há muito o que fazer.

- Não posso estar a frente da revista quando isso ocorrer.

- Acho que sabe o que fazer Thiago.

- Sei sim. Pode fazer Caio a documentação.

- Tudo bem.

Caio iria efetuar a execução dos documentos para eu passar a revista para o nome do Cauã, enquanto isso eu estudaria uma forma de dizer isso a ele.

“ Uma semana havia se passado, e um modelo que estava sendo aguardado por Cauã e Leonardo, era Natan um dos protagonistas da historia ‘Descobrindo a Vida’.”


#Léo


Eu havia acabado de chegar na revista e quando sentei na minha cadeira veio Cauã rapidamente pro meu rumo;

- O que está fazendo aqui?

- Porque, o que houve Cauã?

- Leonardo esqueceu? Hoje o Natan chega no Brasil, e ficou de você pegar ele no aeroporto.

- Ai cara esqueci geral.

Disse eu pegando minha carteira e correndo, fui com um motorista quando chegamos no aeroporto o vôo dele havia acabado de chegar, e estavam desembarcando, eu como conhecia ele fiquei aguardando sua chegada, e em minutos me aparece um cara de olhos negros de touca cor de mel, e uns fios de cabelo no rosto, um belo corpo pouco marcado de academia.

- Natan Machado?

- Sim e você é?

- Leonardo...

- Assim, Bom Dia!

- Bom dia como foi de viagem?

- Bem cansativa!

- Me acompanhe vou levar o senhor para o hotel.

- Não, Senhor não, pode me chamar somente de Natan.

- Tudo bem desculpe.

O motorista pegou a bagagem e fomos para o hotel ele fez o Check-in, tomou um banho tomamos café juntos e ás dez horas da manhã eu iria acompanhar ele na revista, quando chegamos mostrei tudo, e quando entramos no estúdio ele cumprimento Jade e foi para a primeira troca de roupas depois maquiagem, a seção começou e posso falar por mim, estava quase apaixonado no cara só de ficar um pouco com ele, era perfeito. Cauã entra no estúdio e chama sua tia;

- Tia desculpe, mas preciso da senhora na sala de reuniões urgente.

- O que houve?

- Por favor venha comigo.

Eles saíram pouco apressados eu até assustei um pouco, Natan veio olhar as fotos que estavam prontas;

- Nossa Leonardo essa foto ficou muito feia.

- Natan na real, não tem fotos feias aqui, você é demais Cara.

- Olha essa!

- Não vejo nada demais. Olha pra mim e olha pra você!

Disse eu sentado na cadeira olhando e falando pra ele que me olhava diferentemente ao lado, fiquei um pouco sem graça, e cortamos o silencio com um sorriso e houve uma tosse na porta e quando olhei era Heitor, ele fechou a porta com força e com certeza viu eu e Natan.

13 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia