• @richardsongaarcia

Love is Love - Capitulo 14 -Sobrecarga a Leonardo

#Henrique


Entramos em casa;

- Ayla, vai se aprontar para o banho que eu e seu pai precisamos conversar.

Ela deu um beijo em Beto e saiu, eu me sentei na poltrona em frente a ele e estendi as mãos, como gesto pra ele começar a falar;

- O que você quer?

- Eu queria me desculpar, Henrique volta por favor, não faz idéia o quanto você e Ayla fazem falta.

- Falta? Pensou nisso enquanto estava na cama com outro? Pensou em sua filha quando estava beijando o outro? Em Alberto me fala.

- Eu não fiz por querer.

- Ah me poupe Alberto, olha seu tamanho, ele é um garoto e você não fez nada.

- Não é isso Henrique.

- Não é então me explica porque estou confuso.

- Eu fui fraco aconteceu, mas não é com ele que eu quero passar o resto da minha vida é com você.

- Hoje foi ele Alberto, amanhã é outro e depois outro, e outro. Cansei de viver sozinho, cansei de fazer tudo sozinho, é isso eu cansei, sua sorte é que a juíza decretou que você ainda poderia ver Ayla, caso contrario estaríamos bem longe de tudo, só pra não precisar olhar na sua cara.

- Você nunca falou assim comigo.

- Cresça Alberto, você é um homem! Eu passei por cada uma naquela droga de empresa pra dar um futuro pra nossa filha, quase fui preso, quando as coisas começaram a encaminhar eu feliz fui te contar, e você com outro se divertindo debaixo do meu nariz, o que espera de mim?

- Me perdoa Henrique. Me perdoa.

Disse ele se ajoelhando na minha frente.

- Vai embora Alberto.

- Henrique.

- Vai... Embora!

- Eu não desisti de vocês.

- Que pena eu já.

Ele saiu, eu dei banho em Ayla e jantamos, quando deitei veio as lagrimas, chorei a noite inteira, cara como aquilo doía por dentro.

No dia seguinte na empresa eu cheguei mais cedo Caio estava por lá;

- Bom Dia Henrique.

- Eai, bom dia!

- Desculpa a pergunta, mas tudo bem?

- Sim, porque?

- Está com uma cara.

- É que não dormi direito esta noite!

Thiago chegou até cantando na sala;

- Pelo jeito a noite foi boa. (Caio).

- Ah e como foi, se eu pudesse compraria um Marcelo para cada um de vocês. (Thiago).

- Não obrigado, Luan já me satisfaz alem da conta. (Caio).

- Ai! Me desculpa Henrique, me desculpa mesmo a brincadeira. (Thiago).

- Não que isso, tudo bem. E vocês tem sorte, tanto Caio e você Thiago. (Henrique).

- Ai as pessoas se contentam com o pouco que tem. Não é mesmo Caio. (Thiago).

- Isso foi uma indireta? (Caio).

Luan entrou na sala nessa hora já gritando com Thiago, eu e Caio caímos na risada.

- Pouca coisa Magrelo, olha pra mim e olha pra você. (Luan).

- Olha ai, é só falar que o cão de guarda chega. (Thiago).

- Cão de guarda mesmo tenho que ficar de olho no meu homem, sabe se La né “Viadinho da Revista”. (Luan).

- Viado! (Thiago).

Gritou Thiago jogando seu celular em Luan que se desviou rapidamente;

- Ei os dois, já chega! (Caio).

- Luan anda sempre armado e com distintivo? (Henrique).

- Sim Henrique, quando estou em casa fico mais a vontade, e nos dias de folga, fora isso, todo dia com esse equipamento em mim. (Luan).

- Vamos trabalhar? (Thiago).

- Amor vim falar com você. (Luan).

Caio e Luan saíram da sala, eu me sentei em frente ao Thiago e comentei.

- Eles formam um belo casal não é mesmo?

- Sim. E você e Beto?

Conversamos e contei a Thiago sobre a noite anterior, ficamos ali batendo um papo até a volta de Caio.


#Leonardo


- Cauã quando você volta? Isso aqui está uma bagunça.

- Léo vou passar duas semanas fora, e minha tia Jade está viajando, é com você cara.

- Olha eu juro se soubesse cuidar de criança estaria ai.

- Haha’ fica tranqüilo, logo, logo estarei de volta.

A revista estava uma loucura sem o Cauã, Jade estava viajando fiquei quase louco neste tempo, Matheus e Pedro me ajudaram a manter a ordem durante esse tempo.


#Matheus


Depois de um tempo de férias eu e Pedro estávamos de volta, e poxa a revista estava uma bagunça, o nosso setor era o mais tranqüilo, com o nascimento de Eduardo, Cauã acabou ficando de licença e Leonardo estava surtando;

- Leonardo sei que está com muitas coisas para fazer, mas esses documentos precisam ser assinado hoje.

- Trás aqui Matheus, olha essa semana está uma loucura, sem Cauã tudo em cima de mim é complicado.

Me sentei na mesa enquanto ele assinava a papelada conversando;

- E Pedro como está?

- Ainda em casa, ele está com Aghata, primeiros dias dela na nova escola até se acostumar ele vai monitorar de longe.

- Ela é um anjo.

- E Você e Heitor se entenderam?

- Finalmente.

- Sério?

- Sim.

- Ah que ótimo, Leonardo, fico feliz por vocês... Ei poderíamos jantar juntos essa noite.

- Seria ótimo. Vou falar com ele.

- Tudo bem, agora deixe ir.

Liguei para Pedro falando sobre o jantar, pra ele deixar Agatha com a baba, sai da revista pouco cansado, depois de férias retomar dessa forma não é fácil. Já durante a noite no restaurante marcado chegamos primeiro e quando sentamos Thiago e Marcelo entram e nos vêem, e logo cumprimentam;

- Boa Noite, Matheus, Pedro como foi de férias?

- Otimo graças a Deus. Ei sente-se conosco se não se importarem.

- Não queremos atrapalhar!

- Tudo bem Marcelo, estamos esperando...

Antes de terminar de falar Heitor e Leonardo chegam, sentamos todos juntos, e Thiago e Leonardo falando sobre a revista tipo, o Thiago dando uns conselhos para ele;

- Leonardo as garotas do RH se não gritar elas não te ouvem, parece um galinheiro aquilo ali.

- Thiago chega de falar de trabalho. E você Leonardo está ficando igual ao Cauã.

- Ai Marcelo me deixa, estou com abstinência daquela revista.

Todos caíram na risada de Thiago;

- Gente essa mesa está tão gay.

- Thiago!

- O que foi Marcelo, mas está um arco Iris não concorda?

A noite foi de descontração, Heitor estava mais quieto no inicio porem logo se soltou e ficou a vontade.

Saindo do restaurante depois de despedir de todos eu e Pedro entramos no carro;

- Amor a gente poderia ir pro motel, o que acha?

- Porque não em casa?

- Quero transar com você no Motel, você não quer ir?

- Quero mas porque isso agora?

- Queria fazer em outro lugar.

- Você estava mais romântico na viagem sabia.

- Você não gosta de mim romântico, prefere  mais safado.

- Odeio quando concordo com você Matheus.

Chegamos e entramos no quarto Pedro entrou no banheiro para se trocar ou sei lá, tirei a roupa ficando de cueca, deitei no sofá e fiquei mexendo no celular;

- Pedro eu estou esperando só pra constar, tudo bem. (risos).

📷

0 visualização
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia