• @richardsongaarcia

INFAME - Capitulo 42

Pessoal, fui embora pouco cedo, o Gael errou a hora e veio me pegar mais cedo que o normal;

- Disse que seria daqui uma hora. – Falo entrando no carro.

- Fui deixar a Milena e a mãe dela em casa, aproveitei para vir aqui.

- Ah entendi, e lá em casa?

- Impressão minha ou eu vi o carro do Martin saindo do estacionamento? – Ele fala entrando na avenida.

- Queria que fosse. Ele e o viado do Kaique estava ai, dá pra acreditar...

#Gael

Chegamos no apartamento do Henry e fiquei com medo da Geralda não ter terminado o quarto do Henrique, era uma surpresa para o meu amor né, rsrs.

Pessoal quando entramos, ele ficou todo alegre, e contente;

- Ah caralho, ficou demais.... Olha a decoração.... Ei eu não comprei isso... E nem isso.... Onde conseguiram? – Ele fala apontando.

- Eu e o Gael fizemos uma listinha e saímos de novo, sabia que você iria gostar. – Geralda fala.

Ela pisca para mim, acho que havia conseguido pelo sinal.

Galera praticamente tudo novo, um apartamento todo mobilhado e refeito, passamos o dia todo trabalhando, e sabe o que o Henry olhou e chegou a descer lagrima, a foto dele, sua mãe e Henrique, ao lado da Televisão.

Ele passou a mão na lagrima, e abraçou a Geralda, eu fiquei todo derretendo vendo a cena;

- Tudo que estou fazendo e que estou aguentando e por causa deles, eu prometi para ela, eu vou conseguir. Vou cuidar do meu irmão GÊ. – Ele fala ainda abraçado com ela.

Ai uma lagrima desceu aqui, rsrs, me emocionei nesse momento.

Henry segue o corredor, dessa vez sozinho, eu e ela ficamos calados, esperando ouvir ele, quando ver.

Henry andou até os quartos, e nós recriamos o quarto do Henrique, preparamos o quarto dele com tudo que o pequeno tinha, só escutamos;

- Ah Caralho! – Ele falou já com voz de choro.

Seguimos até lá e ele estava chorando andando e olhando no quarto, nossa o Henry ficou mal, muito mal. Eu tive que pegar uma agua para ele.

Depois com ele mais calmo, estávamos sentados na copa de frente a sacada e ele comenta;

- Amor, posso falar com a Geralda a sós, rapidinho? – Ele pede segurando minha mão.

- Claro. – Falo levantando e pegando meu celular.

- Filho compra alguma coisa para a gente lanchar aqui na padaria lá em baixo. – Ela fala para mim.

- Vou lá sim. – Digo pegando minha carteira.

Bem eu comprei algumas coisas para nós comermos, até porque estava escurecendo, quando voltei o Helder e Iago estavam na porta do prédio, subiram comigo.

Quando chegamos, a Geralda toda emocionada, e ouvimos o fim da conversa;

- Vou adorar ficar cuidado de você e logo, logo do seu irmão Henry. – Ela fala segurando as mãos dele.

- Você é um anjo que Deus colocou na minha vida, não posso deixar você ir assim. Então o Ronan vai cuidar da sua aposentadoria, e se quiser continuar com a gente, é bem-vinda aqui em casa... vou ter que me acostumar a falar isso. – Ele fala se levantando. – Me abraça aqui.

- Isso aqui parece apartamento de cantor sertanejo. – Fala Iago andando no apartamento.

Eu arrumei a mesa para os meninos com a ajuda da Geralda, enquanto o Henry mostrava a casa para eles.

Pessoal seguinte!

Quando foram se sentar para comer, o Helder derruba a bolsa da Geralda sem querer, com isso sua carteira cai no chão.

Henry ajuda a recolher, e o Helder todo sem graça pedindo desculpas;

- Geralda porque tem uma foto do Luiz aqui? – Henry fala mostrando para ela.

- Do meu pai? – Pergunta Iago.

A porta se abre e o Ronan entra e ele abre as pernas. Henrique passa ao meio delas gritando;

- OLHA QUEM CHEGOU! – Ele grita correndo com sua mochila pequena nas costas.

Henry se ajoelha e abraça o irmão, que pulava como um canguru, quando viu que até a Geralda estava lá. Ai gente foi uma cena muito linda.

Henry andou com ele pela casa, mostrando e apresentando tudo, no quarto de Henrique ele e a Geralda ficaram muito tempo.

Enquanto isso na cozinha o Helder estava literalmente soando, tomou dois copos de agua gelada, já tinha tirado a gravata e o paletó. Ronan estava digamos meio “acabado”, cansado e desarrumado, rsrs.

- Andei o dia todo, serio, de cartório, a fórum, delegacia, depois abrigo, e fórum. Posso comer, enquanto eles conversam? – Ele pergunta olhando as coisas.

- Claro, desculpa, olha vou pegar o café, a Geralda acabou de fazer está quentinho. – Falo colocando sobre a mesa.

Bem o Henrique voltou e sentou no colo da Geralda, para comer, o Helder de pé e o Iago sentado a extremidade da mesa, Ronan e Henry do meu lado esquerdo;

- Posso falar aqui na frente de todos? – Questiona baixo o Ronan a Henry.

- Sim, aqui são todos de confiança, rsrs. – Henry diz sorrindo.

- É uma guarda provisória, com isso vamos correr contra o tempo, para conseguir a definitiva, mas escuta Henry, isso é um passo muito importante, não tem ideia do que fiz para trazer ele de volta.

- Eu sei, e agradeço muito por isso, você ultrapassou o nível profissional, isso se tornou pessoal, e eu aprecio muito, sei que sou novo, e meu irmão também, mas Ronan muito obrigado por tudo que tem feito pela gente. – Henry fala abraçando ele.

- Ele disse que joga bola Henry. – Henrique diz apontando para o advogado.

- Haha’ depois nós chamamos ele para bater uma bola com a gente né Henrique?

- Sim.... Você também Iago. – Henrique fala sorrindo.

- Valeu.... Pessoal é fico muito feliz que estejam todos reunidos aqui, mas e aquela foto? – Iago fala sem graça.

- Sim, Geralda, não contou da foto! – Henry comenta.

Galera a Geralda olha para o Helder, que fica meio sem graça, e diz;

- Podemos conversar a sós, eu Iago, Geralda e Henry? – Helder diz meio preocupado.

Henry fica meio de cara fechada, mas aceita;

- Amor fica com o Henrique por favor? – Ele fala se levantando.

0 visualização
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia