• @rgpatrickoficial

INFAME - Capitulo 27

#Iago

- (...) Ele ainda anda jogando? – Questiona Raul.

- Sim, sempre jogou, minha mãe dizia que deixou ele pois era muito viciado em jogos de azar, e toda aquela história que lhe contei.

Digo colocando o capacete na moto;

- Mas ele não te pediu dinheiro né mano?

- Não Raul, mas ele sabe da indenização, afinal apareceu em todos os jornais.

- Contou que doou toda a grana?

- Não, e nem vou falar, vou deixar e ver qual é a dele. Meu tio Helder nem pode sonhar... Oi amor. – Falo cumprimentando a Milena na porta do colégio.

Ao entrar na sala, estava escrito bem grande no quadro negro, “Campeões 2018”. Haha e a gente nem gosta não e verdade, rsrs.

Eu me sentei, com a Milena no meu colo, e o Raul falando da Larissa, parece que eles estavam brigados, fazia alguns dias;

- Milena na festa no sábado, nem deu bola para mim, a gente não está se falando, ela só desapareceu. – Fala ele pra Milena.

- Esquece ela amigo, a única coisa que me disse, foi que ficou com vergonha de ter feito o que fez.

- Milena ela ficou com o primo do Iago, ele que veio me contar depois de dias, eu não aceito e ponto.

- Ela estava dando em cima do Henry naquele dia também, Henry que estava fugindo dela. – Falo para ele.

- Olha isso, se o cara não fosse brother, ele iria pegar, e depois eu que fico de ruim por ter terminado.

- Relaxa mano, acontece, agora bola para frente.

- Bom dia, Bom dia turma... Cadê os campeões? – Fala a Tia Sonia ao entrar.

A gente grita do fundão e ela se aproxima com as mãos na cintura;

- Ué mas ta faltando gente.

- O Henry né tia, ele está no Objetivo agora. – Fala a Milena.

- Não to falando do resto do time, o Henry está aqui. – Ela fala rindo.

Ele entra na sala gritando, com aquele braço todo errado, cara gritamos muito por ele ter voltado, foi uma bagunça que só.

- Tabom, senta, senta, antes que a diretora vem aqui e quem vai levar uma advertência sou eu... – Fala a Tia. – Sua cadeira ao lado do Gael ainda está lá Henry, senta vai.

Ele deixa a mochila, e puxa a cadeira, que estava ao lado de Gael para o lado da minha;

- Voltou mesmo cara? – Falo pegando em seu braço.

- Sim, falei com a diretora, a transferência não tinha sido concluída, e bom que pego as provas aqui.

- E o braço?

- Está bem melhor, ainda tenho algumas dores na barriga por dormir de mal jeito, mas estão bem melhor.

- Meninos, matéria da prova essa aqui, Henry arruma alguém para copiar para você, ou depois pega com algum amigo. – A tia fala escrevendo no quadro.

- Não olha para mim, demoro horrores para escrever. - Falo tirando o meu da reta.

O Raul já sai da reta, ele até senta perto do quadro, para copiar, e a Milena se recusa, mas comenta;

- O Gael é o mais rápido da sala para copiar. – Ela fala apontando para ele.

- Chega a dar raiva né Gael seu nerd. – Falo chutando de leve sua cadeira.

- Copia para mim Gael? – Pergunta o Henry pegando o caderno.

- Huuuuum, desse jeito com esse sorriso até eu copio. – Falo tirando uma da cara dele.

Alguns amigos perto sorriram, assim como o Gael, que pegou o caderno do Henry.

Bem durante a aula, eu fui conversando com o Henry, que afinal de contas, não estava fazendo nada;

- Sim, mano, ele está puto com ela, terminaram. Mas ela também dá para todo mundo que aparece na frente dela. – Falo copiando a matéria do quadro.

- Mano, você disse na festa que comeu ela, é verdade?

- Sim, foi pouco antes do Raul. Ano passado, ela aparece na minha casa, e eu estava sozinho, ai já viu né.

- Estava com a Milena?

- Não, a Mih’ tem pouco tempo.

#Henry

Ao fim da aula da Tia Sonia, entra o professor de Álgebra/Matemática o Roberto, e galera ele já entra na sala falando;

- Todo mundo em seu lugar, Prova Surpresa! – Ele falou e todo mundo reclamou.

Até eu é claro, pensa, voltar e já pegar prova, sem ter recordado da matéria, mas não tivemos escapatória;

- Sentem em duplas, vamos meninos, estamos sem tempo, vamos, vamos. – Ele fala com elas em mãos já entregando.

Todo mundo, eu, a Milena, Raul e Iago queríamos sentar com o Gael, rsrs.

- Ei, ei, ei! Separa ai, o Henry vai fazer com o Gael, por não estar acompanhando as aulas, vocês dois, sentem ai. – Fala ele para os meninos.

- Haaa! – Falo tirando com a cara do Iago.

Eu me sentei e guardei minhas coisas, e ele calado;

- Valeu por ter copiado para mim. = Falo puxando o caderno.

- Por nada.

Gael fala e fica calado, ele meio que estava me evitando, até com razão, por eu ter sido bem filho da mãe com ele. Com a prova em mesa, ele escreve nossos nomes, então digo;

- Irei pedir desculpas para o seu namorado, aquele dia estava meio bravo. – Falo colocando os braços na mesa, olhando para ele.

- Martin não é meu namorado.

- Mas age como se fosse, rsrs. – Falo tirando um sorriso dele.

Gael é de humanas, e eu de exatas, então estávamos um completando o outro, o seguinte. Ele fazia e montava as formulas e eu os cálculos, no fim da prova, fomos os primeiros a terminar e sair da sala;

- Não vai lanchar? – Falo a ele que estava indo em outra direção.

- Não, vou sentar. – Gael fala mostrando as mesas.

- Ei eu pago para você, estou te devendo essa, chega ai. – Falo voltando e colocando braço em seu pescoço o “levando” comigo.

Compramos besteiras e depois sim, fomos sentar, ficamos conversando e comendo até os meninos saírem, todos reclamando da prova, e comentando as alternativas, só eu e Gael tranquilos, só assistindo os desesperos.

Eu estava no banco sentado atravessado, de frente para o Gael, que estava sentado normal de frente para a mesa, o Iago sentado como ele do meu lado direito, e a Milena a nossa frente com o Raul, todos comendo e no celular;

- Nossa mas esse Henry aproveita do coitado do Gael, para de ser folgado garoto. – Fala a Milena me olhando.

Eu faço careta e respondo;

- Para de ser invejosa, só porque não tem ninguém para colocar na sua boca né.

Quando eu falei isso o Gael derruba um pouco de refrigerante no meu uniforme, de proposito;

- Desculpa foi só para você acordar para a vida. – Ele fala sorrindo.

Eu não disse nada, só sorri junto com a Milena que estava dando gargalhadas;

- Isso aqui é sua inveja garota. – Falo levantando.

Eu levanto a blusa seguro com os dentes e passo o guardanapo com a outra mão;

- Ulhhhhh! Que Barriga é essa hein! – Fala a Larissa chegando e chamando a Milena.

Eu fiquei sem graça e não disse nada;

- Que merdaaaaaaa. – Grita o Raul.

- Que foi mano? – Pergunta o Iago.

- Tem um monte de pessoas me mandando mensagem, dizendo se eu estou doando cachorro, olha isso tem vinte e três já, olha isso. – Galera ele fala mostrando o celular.

Meninos o Iago riu tanto, mas tanto dele;

- Foi você né viado. Eu te mato Iago. – Raul fala correndo atrás dele no pátio.

Iago fez um anuncio com o número do Raul dizendo que estava doando filhotes de PitBull, de graça, isso no grupo de compra e venda da cidade.

Eu fiquei olhando para eles, e percebo que o Gael está me olhando, como estávamos perto demais, pois o jeito que eu estava sentado, se aproximar mais, eu o “encoxava”;

- Que foi? – Pergunto pausadamente, olhando em sua boca.

Ele também encarando a minha boca, demora a responder, em três segundo seus lábios se movimentam;

- Não, nada. – Ele fala com uma cara “boba”.

- Quer falar alguma coisa? – Pergunto colocando a mão em sua cintura.

- Não, você quer? - Ele responde.

- Não, não. – Falo com um sorrisão para ele.

Galera o Iago estava insuportável nas aulas, e Raul seguindo o seu caminho, quando retornamos para a sala, o ventilador estava desligado, o que não é normal.

Quando sentamos e o professor entra, o Iago diz;

- Professor, liga o ventilador aí, está calor. – Fala ele sacudindo seu uniforme.

15 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia