• @rgpatrickoficial

crescendo - Capitulo 5

#Alana


Lucas Iria me acompanhar nas aulas de Teatro, mais por causa de sua mãe, querer que ele siga seus passos, na questão profissional. Então eu fui treinar com ele mais cedo e ele iria a aula comigo depois.

E sim, meu namorado é mega atrasado, eu nem passei em seu quarto, fui para a biblioteca, seria onde aconteceria a primeira aula, pelo Teatro estar em reformas.

Ele chega bem em cima da hora, se senta me beijando e desligando o celular.

A turma se sentou toda em uma daquelas mesas imensas retangulares, e a professora falou um pouco e estregou alguns papeis.

- São duetos, quero o parágrafo destacado, vamos pessoal, um ajudando o outro...

- Professora posso pegar um mais dramático? – Pergunto levantando o meu papel.

- Eu troco com você. – Um garoto diz entregando o papel.

Eram pequenas cenas, de duas a três falas, para a professora mensurar nosso potencial, eu dei uma lida, e olho o de Lucas;

- O seu é um dueto? – Pergunto pegando o papel.

- Acho que sim, Shakespeare. Professora peguei um dueto. – Ele fala com o papel.

- Ah sim, tem três duplas, vocês se acharam... Gente tem outro dueto ai. – Ela diz procurando.

- Aqui professora. – Fala uma garota de cabelo prateado e olheiras.

- Lucas, faz com a Isis.

Ele me olha sem graça e se levanta saindo, a garota estava quase batendo palmas com meu homem, fiquei só de olho.

Mas beleza, me concentrei e então pedi para ser a primeira. Gente quase chorei, rsrs, só com uma fala, todos bateram palmas eu me sentei, e fiquei assistindo.

Até o Lucas se levantar;

- Professora tem um beijo na cena... – Ele nem termina de falar e ela interrompe.

- Podem pular essa parte.

Os dois começaram, e eu percebi que ele estava meio que reservado aos toques de mãos e ela pegando nele, nisso eu olhei uma duas vezes para a professora, e nada. Até o final ela beija o Lucas;

- Garota você é panaca? Qual parte do “pula essa parte” você não entendeu? – Galera eu literalmente grito com ela.

- Isso aqui é teatro Alana, tem beijos... – Ela fala com as mãos na cintura.

- Isso aqui é uma biblioteca, e não precisa inventar desculpas para sair beijando o namorado dos outros.

- Ei, vocês duas, se acalmem.... Sentem meninos, parabéns, foi uma ótima cena. Próximos. – Professora fala batendo palmas.

Eu cruzei as pernas e virei a cara do Lucas, ele veio se sentando;

- Amor tem que se acalmar, qual é?

- Lucas me dá um tempo, estou de TPM e você fazendo show com essa rapariga. – Falo para ele se afastar.

E alto para ela ouvir. Acabou minha noite, mas ela não estava feliz, quando a aula terminou na saída da biblioteca a filha da mãe passa falando;

- Você mandou muito bem Lucas, parabéns.

- Obrigado.

- Está querendo dar para ele? – Falo apontando o dedo para ela.

- Aí garota agressiva.

- Você não viu nada, olha para o meu namorado de novo que tiro esse seu aplique na unha.

- Porra Alana, hoje você está em, vamos.... – Lucas diz me tirando de ideia. – Você tem que parar...

- Não fala nada, se não vai levar também! – Falo seguindo para o refeitório.

A Samantha envia mensagens chamando para comer algo, eu aproveitei para ficar com ela, e tentar esfriar a cabeça.

Ela pegou umas frutas, e um pudim eu acho, se sentou em um dos sofás, mais afastados, onde tinhas umas televisões;

- Vaca, rapariga de quinta, como pode ter umas putas desse jeito, oferecida, nossa que vontade de pegar ela, sério mesmo amiga. Garota falsa do caralho.... Me dá um pedaço disso ai que está comendo. – Falo pegando de sua mão.

- Nossa Amiga, terminou.

- Sim, ufa, eu precisava colocar para fora.

- Está precisando fazer é alguma luta, rsrs.

- Vou pegar o Lucas isso sim.

Nos terminamos de comer, e pegamos mais algumas coisas e ficamos ali, por um bom tempo, até o Lucas aparecer.

Ele chega se sentando e cumprimentando a Samantha;

- E aí, joia? Amor está mais calma? – Ele fala me beijando.

- Sim, estou comendo.

- Viram o Thales ou Hugo? Marquei com eles aqui agora. – Lucas diz olhando ao redor.

- Não.

- Vou pegar pipoca, vocês querem?

- Sim. – Samantha diz. – Ai amiga olha aquilo... – Ela diz olhando para trás.

- Thales?

- Sim, um gato né?

- Ele é bonitinho, mas prefiro o Hugo, rsrs.

- Sua vaca, e o Lucas?

- Ah, pensei que estávamos falando dos dois.

- O Hugo tem um jeito de malandro, sei lá amiga, o Thales não.

- Samantha é disso que eu gosto, só o olhar do Hugo parece que vai te roubar, rsrs.

- Você é podre Alana.

- Cala a boca.

- Alana... – Thales fala me cumprimentando. – Prazer, Thales. – Ele diz beijando a Samantha.

- Prazer, Samantha. – Ela fala toda vermelha.

- Lucas, sabe dele Alana?

- Na pipoca. – Falo apontando.

- Valeu.

- E aí gata.... Posso mudar? – Hugo fala se sentando.

- Pode gatinho, nem estamos assistindo.

- Mãe do Thales tem uma entrevista hoje no The Noite. – Ele fala procurando o canal.

Os meninos todos se sentaram, conosco no sofá, e algumas pessoas perto também assistiram, até porque os meninos são folgados, tem várias televisões e colocaram em todas elas.

“- Mas Melinda estão indo para estudo ou tem novidade a caminho?

- Sim, Danilo os dois, não posso dizer agora, mas tem novidades a caminho, desde os aplicativos da empresa, e também a parceiros.

- Eu uso diariamente vários aplicativos de vocês, até porque não sei cozinhar, rsrs. Eu acho que não tenho inteligência para imaginar algo do tipo, Melinda você estudou no Brasil?

- Sim, meu ensino médio foi no Colégio de ensino público JK, no Rio.

- É aquele em regime de atividades diárias?

- Sim.

- Ouvi falar muito sobre o JK, que é referência em quase todo o pais.

- Sim, um excelente colégio.

- Seu filho estuda lá?

- Sim, Thales estuda no JK.

- E ele também é como os pais?

- O Thales nos surpreende diariamente, mas ele é mais para esportes, como Natação, Futebol.

- É a idade. ”

- Estou no sofá com um famoso. – Falo encostando na cabeça do Thales.

Ele sorri, todo vermelho, e o Lucas com ciúmes diz;

- Eu sou famoso, ele só foi citado pela mãe no programa.

- Para de ciúmes mano, ninguém assistia colírios do Capricho. – Hugo fala rindo.

Lucas joga pipoca nele, fazendo uma bagunça;

- Ei, silencio. – Samantha diz.

Chego mais perto do Lucas e falo em seu ouvido;

- Anabela vem aqui no colégio hoje trazer nossos presentinhos. – Falo sorrindo.

- Beleza, marcou com ela onde falei?

- Sim.

- Ninguém pode ver.

- Relaxa.

Depois que terminou, nos jantamos e o Lucas foi com Hugo foram encontrar minha irmã. Logo depois o Thales sai, para o dormitório.


#Thales



Eu estava no caminho para o quarto, poucas pessoas no campus e quando me aproximo lembro que deixei a chave com o Lucas, peguei o celular e perguntei onde estavam, ele só responde, “auditório”, eu segui e nada de ver eles, o lugar fechado.

Então olhei de um lado, mas decidi dar a volta, foi aí que escutei a conversa dos dois;

- Que estão fazendo aqui? – Pergunto aproximando.

- Nada Thales, o que você quer.

- A chave do quarto.

Galera quando eu falei do outro lado do muro alguém joga um pacote, cheguei a desviar, o Lucas pega no chão e assovia, sendo correspondido.

- Que isso? – Pergunto olhando.

Ele mostra, era uma caixinha de iphone.

- Mano nessa jogada ele quebrou. – Falo chegando perto.

Lucas abre o pacote e vai colocando no bolso;

- Meu Deus, é maconha, mano pode ser expulso por isso.

- Coloca aí na sua roupa, não cabe aqui. – Ele fala me entregando uns êxtases.

- Ta maluco? – Falo empurrando.

- Coloca rápido Thales. – Hugo fala.

Eram um pacotinho com uns cinco comprimidos, coisa pouca. Escutamos um barulho, eu peguei a merda do pequeno pacote e coloco dentro da cueca.

Os meninos começam a rir;

- Que estão fazendo aqui meninos? – Fala um dos guardas com uma lanterna.

- Procurando isso. – Lucas fala mostrando a chave.

- Precisam ir para os dormitórios, rápido.

- Sim, senhor.

Nós seguimos andando e o Hugo com lagrimas nos olhos rindo de mim;

- Ele colocou na cueca mano, Thales é louco.

- Cala a boca.

Chegamos no bloco subindo e eles rindo ainda;

- Quer saber pega. – Falo tirando da roupa e jogando para eles.

Os dois desviam fazendo graça e ele cai no chão;

- Seu nojento. Não vou pegar isso não. – Fala Hugo.

- Isso o que? – Fala o Vitor no início do corretor.

Cara nesse momento eu vi minha expulsão na certa;

- Nada. – Lucas fala pisando nos comprimidos.

- Está escondendo o que aí maluco? – Vitor fala se aproximando.

13 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia