• @rgpatrickoficial

crescendo - Capitulo 31

#Thales


No Refeitório estávamos sentados crucificando o Alexandre.

- (...). Foi exigência, não opção eu ficar no quarto com o Thales. Estão de brincadeira comigo.

- Lucas se acalma... E tem outra coisa. – Alexandre fala abrindo uma pequena pasta. – Alana... Lucas e Thales... O conselho decidiu, mesmo eu sendo contra, que vocês são: Alana, capitã do time de Líderes de Torcida. Thales de Natação e Lucas como sabe...

- Do Futebol.

- Não Teatro.

- O que? Que merda é essa?

- Olha a boca garoto.

- Está falando sério?

- Sim, Hugo quero você preparado pois vou fazer uma seleção para o capitão do time...

- Mas o concelho não decide? – Hugo pergunta.

- O Time tenho mais flexibilidade, por isso, nada de Lucas Valvassori está me entendendo? – Alexandre fala apontando o dedo para a cara dele.

- Estou fora do time também?

- Não, preciso de você.

- Tá mas se eu não quiser ser capitão de time nenhum? – Pergunto.

- É Alexandre, somos obrigados? – Alana pergunta.

- Não..., Mas vocês como capitães tem cobertura total em viagens do colégio, flexibilidade em provas e trabalhos, por terem outras responsabilidades e se saírem bem, o concelho pode aprovar vocês no final do ano, se não alcançarem as notas necessárias.

- Ok, comecei a gostar disso, mas porque nós? – Lucas fala.

- Quanto antes estiverem longe desse colégio, melhor para mim, vocês dão trabalho que o Colégio inteiro não consegue. – Ele fala olhando para o Lucas.

- Vai me mudar de quarto?

- Não Lucas, aliás Samantha e Marcelo saíram e os novatos, pelo amor de Deus, não enfiam eles em mais problemas, eu imploro. – Ele diz saindo.

- O que tem demais na sua colega de quarto Lucas? – Hugo pergunta.

- Ela é uma Panicat, nada de errado, muito pelo contrário é...

- É o que Lucas? – Alana pergunta, fazendo meu papel.

- É muito legal ela.

- Sei... E o seu Thales, como é?

- Elias, ele é de boa, educado e humilde sabe, eu gostei dele.

- Quem não gosta, o garoto parece um pedaço de mal caminho....

- Bom saber Lucas.

- Não faz meu tipo não. – Alana completa.

Patrick se aproxima e senta conosco, cara eu não vou com o “santo” desse garoto;

- Oi gente... quanto tempo, como foram as férias? – Ele diz se sentando.

- Ótimas... – Alana iria responder e o Elias chega interrompendo ela.

- Podemos nos sentar? – Ele pergunta junto a Isabela.

- NÃO. – Responde Lucas e Patrick simultaneamente.

- Porque não? – Questiono olhando para eles.

- Não vão querer sentar com novatos... – Patrick responde.

- Isso a gente que decide né.... Chega para lá Hugo, senta aí meninos. – Digo afastando meu suco e abrindo espaço.

- Meu Deus, amei seu esmalte. - Isabela fala colocando a mão em Alana.

- Gostou? Ficou assim porque é unha de fibra de vidro, o brilho é o dobro.

- Fibra de vidro na unha? - Hugo pergunta.

Os meninos meio que se enturmando, contando de onde vieram, e suas experiências, e eu de olho nesse Patrick, não sei dizer, mas eu tinha o pé atrás com esse garoto.

- Thales, vamos? Vou tomar um banho ainda para a festa!

- Vamos sim Lucas.

Meio que todo mundo saiu para se arrumar, como já estávamos ouvindo a música no grande salão.

No quarto eu estava tomando banho, separei minhas roupas, saio do banheiro me vestindo o Elias entra;

- Foi mal. Não me acostumei ainda com esses quartos.

- Relaxa, demorei me adaptar também...

- Seus amigos são muito legais, galera bem tranquila.

- Haha, não vai nessa, sem querer você está com os piores.

- Não foi o que ouvi

- Como assim? - Pergunto secando o cabelo.

- Galera aqui tem muita inveja de vocês... Sempre que digo que meu tutor é o Alexandre, eles dizem algo como, "sortudo", "ótima turma", ou perguntam se meus pais têm alguma influência no JK.

- Meu Deus, as pessoas se preocupam demais com a vida alheia... Mas como assim influência?

- Chamam vocês de a turma do "Drumont". - Ele diz meio que confuso.

- É Deummond, Elias.

- Quem?

- Eu, Thales Deummond.

- Ata! Sério?

- Sim.

- Mano, seus pais criaram uma geração de...

- É eu sei... Eu sei!

- Me desculpe é que fiquei surpreso.... Como é ser filho...

- Eu não tive escolha... E acredite é uma merda.

Lucas bate na porta do quarto já entrando, ele estava todo desconfiado do Elias.

- Oi! - Digo ainda sem me arrumar.

- Estou pronto.

- Terminar aqui e vou me trocar.

Gente, acreditem ele entrou no quarto, subiu na cama, e ficou me esperando. O Elias entrou no banheiro para tomar banho e ele ficou todo quieto lá dentro do quarto.

Terminei logo e saímos, eu, Lucas e Hugo, Alana ficou maquiando a Isabela.

No salão, pegamos uma mesa grande e já servimos de uns petiscos, o Patrick chegou junto as meninas e o Elias em seguida. Foi ele chegar e Lucas pergunta;

- Que estavam conversando quando eu cheguei no quarto? - Ele pergunta próximo ao meu ouvido por causa da música alta.

- Nada demais, sobre aulas e a escola somente.

- Eu vi, ele sem camisa lá, se amostrando para você.

Eu parei, olhei para Lucas;

- Está com ciúmes?

- Não tenho ciúmes Thales.... Porque eu confio em você.

Ele fala me deixando sem graça, eu meio que fiquei sem jeito;

- Me desculpe, não é uma indireta.

- Tudo bem.

- O que tenho que fazer para mudar isso Thales, faz quase dois meses.

- Calma Lucas.... Calma.

Ele se aproxima, me abraça de lado, e me beija na bochecha, eu viro o rosto beijando sua boca.

Ficamos segundos olhando um nos olhos do outro, e então percebo estarem, Patrick, Elias e Isabela olhando de olhos arregalados;

- Que foi? - Lucas pergunta rindo.

- Vocês são gays? - Isabela pergunta.

- Sim. - Eu respondo.

- Não parece. - Elias diz.

- Como assim não parece? - Lucas rebate.

- Sabe, vocês não têm jeito de serem gays.

- Jeito de Gays?

- Sabe, assim! - Elias aponta para o Patrick.

- Está me comparando ao Patrick? Tá maluco garoto.

- Ei, Lucas.... Calma. - Falo me levantando. - Vamos dar uma volta.

Ele já é esquentado, melhor sair de perto.

Bem acabou eu e Hugo ficando com os meninos da natação, Lucas e Alana dançando e a gente com essa turma.


#Alana



- Ai meu Deus, estava precisando suar um pouco na pista de dança. – Digo sentando no colo do Hugo.

- Percebemos. – Thales fala se levantando.

- Vai onde? Só porque eu cheguei?

- Pegar algo para beber.

Elias tinha desaparecido no meio da multidão e a Isabela estava sentada conosco, junto ao Patrick, e Hugo bebendo;

- Gente achei o Lucas uma gracinha. – Ela comenta.

- Tem dono amiga... Escolhe outro. – Digo para ela.

- Não menina, só estou comentando.

- Ah que bom, porque até eu tenho ciúmes dele... Como amiga ta amor. – Digo beijando o Hugo.

- Ciúmes? São amigos á muito tempo?

- Não Isabela, ele é meu ex.

- Gente estou amando essa turma. – Ela diz rindo.

- Ai o Lucas é o sonho de qualquer garota desse colégio Isabela. – Patrick abre a boca.

- Amigo sonho seu né!

- Que isso Alana, eu respeito o Thales.

- Hahaha’. – Cara eu gritei nessa hora. – Para de mentir Patrick eu te conheço.... Não confio nem deixar o Hugo que é hetero sozinho com você.

- Amiga eu não sou desses não. – Ele diz todo irônico.

- Amigo, quem não te conhece que te compre.

- Porque eu sozinho com ele em Alana?

- Hugo, do jeito que você é lerdo o Patrick come você... Ele dá nó em goteira.

- Alana fica falando assim, Isabela vai achar o que de mim?

- Que é uma puta! Não é? To mentindo... Escuta Isabela, Patrick é cobra... daria certo com o Lucas.... Porque Lucas é bem para frente, e o Thales é o menino perfeito, daria um belo casal com esse aqui ô. – Digo apontando para o Hugo.

- Não foi o que você disse ontem na cama né. – Ele me rebate.

- Ai amor... Eu estou só falando... Não vou deixar o Thales comer você tá.

Eu digo brincando, mas ele fica todo irritado...

- Vou no banheiro. – Hugo diz levantando.

21 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia