• @rgpatrickoficial

Clichê - Terceira Temporada - Cap. 08

Helena foi comigo até o lado de fora, eles estavam conversando, então, só cumprimentamos para não atrapalhar;

- Oi Júlia!

- Kleber, tudo bem? - Beijo seu rosto.

- Ótimo! Essa e minha amiga Helena.

- Prazer, aí adorei seu cabelo, é natural?

- Sim mulher, anos de hidratação, rsrs. Muito linda você.

Deixamos eles conversando;

- Helena chama o Kevin, que marcamos um jantar.

- Vou ter que fazer isso amigo, ele quer conhecer o Heitor, para agradecer sabe.

- Vou marcar viu, e te aviso. Porque esse aí, esquece.

Aponto pro Heitor. Sabem quando está na conversa e acaba por ouvir os outros, pois então;

- (...) Irei dobrar a ajuda do Kalleb, Júlia!

- Heitor com todo respeito não estou pedindo dinheiro, preciso trabalhar. Aquele dinheiro da para Kalleb tranquilamente. Se souber de alguma vaga, eu aceito, o que for...

- Vou fazer uma ligação.

- Estamos contratando modelos! - Helena intromete na conversa.

- Mas precisa de talento, e teste não? - Julia Pergunta. - E não tenho experiência!

- Quando se tem a indicação da presidência não precisa de experiência.

- Cuida disso pra mim? Em você eu confio! - Heitor fala para Helena.

- Claro.

- Júlia, conheço ela tem mais de cinco anos, é de muita confiança.

- Não se preocupe Heitor, se você confia eu confio.

- Um momento. - O celular dele chama.

- Não se preocupe, o trabalho é fácil, e você vai se dar bem, a equipe de modelos são a melhor que temos no país.

- Isso que me deixa nervosa.

Como estávamos na porta da loja, escutamos o alarme de segurança, aqueles eletrônicos que ficam nas entradas;

- KALLEB meu filho deixa isso! Aí que vergonha.

O pequeno sai da loja com uma touca na cabeça, nós rindo e por costume do meu trabalho, percebo Heitor diferente;

- (...) Aí eu não acredito, era de uma notícia assim que eu precisava... É claro que estou feliz... Relaxa o Kleber não importa pode ficar lá em casa, afinal a casa é sua, eu que moro de favor.

- Com quem ele está falando? - Cutuco Camilo.

- Não faço a mínima ideia.

Heitor desliga o celular e vem com um enorme sorriso;

- Advinha?

- O que?

- Augusto está voltando para o Brasil.

- Tá falando sério?

- Sim, Kleber, cara não acredito, que notícia excelente.

Eu gostei da ideia, só não estava tão animado quanto a ele, e muito menos igual a Helena com aquela cara de paisagem.

Heitor cancelou os compromissos da tarde, e os remarcou, pois iria levar o Kalleb para ver sua mãe novamente.

No caminho, eu estava ao seu lado, com o pequeno no celular do nosso meio;

- Vou ter que mudar.

- Não pensava em morar na casa do Guto para sempre né?

- Não, rsrs. Só não sabia que ele chegaria tão rápido.

- Isso é bom?

- É ótimo!

- Sabe que terá que se afastar do... – Aponto para o Kalleb.

- Com meu irmão aqui, faço ele mudar de ideia.

- Heitor, já está claro a posição de Augusto, por favor, vai comprar mais briga.

- Fica tranquilo Kleber!

Duas Semanas Depois...

Acordei cedo, por volta de seis da manhã na mansão, e o Heitor não estava do meu lado.

Isso estava se repetindo demais nos últimos dias, e confesso estar me deixando bem incomodado.

Eu tomei um banho, e me troquei, pois sempre deixava ternos na casa dele;

- Bom dia! – Ele chega todo soado.

- Onde estava?

- Treinando. – Heitor bebia algo verde.

- Amor são seis e dez da manhã, que horas acordou?

- Umas quatro eu acho. – Ele falava sem se preocupar.

- Heitor a gente precisa conversar. – Deixo a gravata de lado.

- Que foi?

- Amor, você está dormindo tarde, e acordando cedo demais, Heitor isso não faz bem para você.

- Kleber eu estou ótimo.

- Você está mais nervoso que o normal, porque não descansa. Ontem a gente transou por volta de meia noite, eu demorei pegar no sono, e você ainda estava trabalhando, e hoje acordou esse horário.

Heitor se aproxima pegando em meus braços;

- Eu estou bem, vamos fazer o seguinte, ligue para o Doutor Gabriel, marque uma consulta, irei fazer uma bateria de exames e ele irá confirmar o que estou falando.

- Ótimo, adorei a ideia.

Ele me beija rápido;

- Deixa eu entrar no banho, logo Camilo está ai, e temos que sair, para deixarem essa casa brilhando para quando o meu irmão chegar.

Peguei minhas coisas do trabalho, desci deixando no sofá, e gente morar naquela casa era uma maravilha, pois parecia um hotel.

A mesa de café da manhã maravilhosamente posta, e cara, elas sabiam que você gostava de comer. Eu me sentei, e a Raquel se aproxima;

- Bom dia.

- Bom dia linda, como está?

- Bem, ansiosa para ver o Guto.

- Rsrs, Raquel está um homem.

- Tem uns três anos que vi ele... Kleber esse leite está muito quente.

- Obrigado.

- Vai querer o jornal?

- Não, só Heitor olha isso ainda. Me conta, e a novela, me conta tudo!

Ela se senta, comentando. Heitor logo chega, e toma o seu café da manhã, com o jornal aberto, eu sentado conversando com a Raquel, que estava na cadeira a minha frente.

E gente uma coisa linda de ver foi Camilo chegando para trabalhar, ele estava com um sorriso, chegou batendo palmas;

- Bom dia! Bom dia Senhor! Vamos trabalhar?

Todos nós rimos dele, que ficou sem graça;

- Está assim por causa do Guto, é um filho para ele. – Eu digo rindo.

- Ontem, ele mesmo foi comprar as coisas que faltavam para eu fazer uma janta hoje para Augusto, com as coisas que ele gosta. – Raquel o entrega.

- Vamos Camilo, vamos antes que você me demite também. – Heitor vira o café.

- Obrigado Raquel, adorei o café e sua companhia. – Me levanto.

- Eu que agradeço filho, quando vai morar aqui de vez em?

Eu não digo nada, porque o Heitor começa a rir;

- Eu já chamei Raquel, ele ainda não se tocou que vamos se casar em breve.

- Ai meu Deus, vocês dois me deixam.

- O carro está pronto. – Camilo aponta para a porta.

- Não vai querer comer anda cara?

- Não, estou ótimo senhor.

- Isso é ansiedade Camilo. Raquel, obrigado, bom dia para você. – Heitor pega seu celular saindo.

- Para vocês também, vão com Deus.

Entramos no carro, colocando o cinto e Heitor questiona;

- Que temos para hoje?

- Bem, vamos para... Nossa vamos para o Maranhão hoje, Centro de Lançamento de Alcântara.

- Esqueci geral que seria hoje, estava ansioso para voltar lá. Guto chega que horas?

- As sete da noite aqui no Rio, nós vamos desembarcar junto com ele, ficaremos até as duas da tarde lá. Heitor não pode enrolar mais que o normal.

- Deixa comigo. – Camilo intromete na conversa, rsrs.

#Helena

- (...) Caio eu não posso, vou sair para jantar com o Kevin, é aniversario de namoro nosso.

- Beleza então, sem problemas, eu falo com ele.

- Depois a gente marca algo, ele vai chegar exausto também.

- Você está certa.

- Vai me atualizando então, manda mensagens.

- Mando, sim, beijo, fica com Deus.

- Até.

- Vem para o serviço para ficar no celular? – Fabiano fala pegando café do meu lado.

- E você vem para ficar na minha cola?

- Vai que você rouba mais alguma coisa.

- Serio Fabiano, as vezes acho que você é apaixonado por mim, não me esquece...

- Você conhecer o Heitor não te deixa protegida aqui dentro Helena, não brinca comigo garota. Agora desce e cuida do ensaio que está acontecendo, as modelos precisam de ajustes.

- Eu não sou costureira.

- É uma ordem Helena.

- Fabiano eu ganho aqui para desenhar e criar! Não assinei contrato para ser costureira, se quiser desce você. – Viro saindo.

Ah pelo amor de Deus, aja paciência com esse cara mal comido!

Voltei para minha sala, e a Paulina estava na mesa a direita colocando uns trabalhos;

- De quem são esses? – Pergunto aproximando.

- Seus, de quando a gente dividia a sala lá embaixo. – Ela os separa.

- Não me lembrava, tem potencial.

- Me lembra muitos os de dona Nice.

- Não tinha pensado por esse lado.

Alguém bate na porta, entrando, colocando a cabecinha;

- Helena?

- Julia? Entra mulher, fica à vontade.

- Escondida sua sala, - Ela entra.

- Para dar mais trabalho para o meu chefe vir aqui, rsrs.

- Haha’ entendi.

- Paulina essa é a Julia... – Apresento elas. – Vem menina, vou te levar para conhecer o Misael.

26 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia