• @rgpatrickoficial

Apenas Hoje - Presos Pai?

Gritavam de todos os lados, eu desci e logo avisei que Luis estava alterado, ficamos de pé próximo a viatura e pegaram os documentos e acharam a arma, o tenente se aproximou com a arma olhando pra gente e vendo os documentos;

- Menores de idade, dirigindo sem habilitação, e ainda armados. Vocês estão muito encrencados! Algeme os três podem levá-los.

Não é frescura não, mas fiquei surpreso quando ouvi aquilo, nos algemaram e colocou a gente nas viaturas, eu ainda não acreditei naquilo.

#Thiago

Telefone chamou era o Caio, sentei na cama atendendo;

- Alo!

- Thiago, boa noite! Já sabe o porque da ligação?

- Então como foi?

- Conseguiu o que queria, os meninos causaram até demais.

- Hum bom, já chegaram em casa?

- Olha não exatamente!

- Como assim Caio?

- Eles foram presos.

Cai da cama. Juro que cai. Marcelo chegou acordar, eu no chão gritando com o Caio;

- Preso? Como assim?

- Pois é.

- Onde está?

- Na 13° delegacia de policia!

- Estou indo, não avise o Cauã, por favor.

Levantei-me rapidamente procurando uma roupa;

- Quem era?

- O Caio, Eduardo foi preso.

- Preso? Eduardo?


#Caio


Foi bem rápido Thiago chegou, logo depois o Beto e Henrique, sai da sala do delegado,

- Então Caio?

- Thiago não vou conseguir nada sem pagar fiança, estão cobrando 28 mil por cada um deles, caso contrario irão na manhã para casa de recuperação.

- Ai senhor!

- Vamos pagar.

Disse Beto se levantando;

- É melhor Não Beto, se pagarmos a ficha deles será suja, preciso de você Caio! Busque o Luan, se eu sair daqui eles vão transferir os meninos, o delegado estava com o governador no telefone.

Beto saiu com Henrique, liguei para o Luan ir se arrumando.


#Nícolas


- Nunca pensei que estaria dentro de uma sela.

- Cara isso é demais.

- Demais? Nícolas olha o que você fez, isso é culpa sua! Estamos presos, presos cara. Tem ideia disso.

- Relaxa  Eduardo.

- Relaxar, meu pai vai me matar, ele pensa que estou deitado na cama dentro do meu quarto, mas estou aqui com você que parece estar tranqüilo e o Luis, que esta dormindo.

- Meu pai vai tirar a gente logo, logo!

- Luan está em uma cadeira de rodas Nícolas, como teve coragem de fazer isso cara? Não pensou nele, bem não pensou em ninguém não é mesmo!

- Eu e você? Você pensa em alguém alem de você! Como tem coragem de fazer aquilo com Agatha? Em? Fala agora!

- Do que esta falando? Ta maluco?

- Eu vi você e Luis juntos no quarto dele.

- Eu? Ata... Aquilo.

- Ainda fala assim, todo tranqüilo?

- Escuta Nícolas não devo satisfação da minha vida pra você, já não basta estar aqui?

- Ei vocês duas, calem a boca.

Disse o guarda abrindo a sela pra gente sair, acordei o Luis e fomos aparando ele, quando saímos estava, Caio, Luan, Thiago, Marcelo, Beto e Henrique, de braços cruzados, Luan nem precisa dizer como estava não é mesmo;

- E as meninas?

Logo perguntei.

- Em casa, preocupadas com vocês.

- Escuta quando eu disse escândalo não queria dizer isso, Nícolas foi longe demais, tem ideia disso.

- Thiago, você que pediu.

Thiago já havia falado com Beto e Henrique, mas Eduardo não, ele olhou pra gente, ja bravo;

- Sabia disso?

- Sim, depois te explico meu filho. E escutem todos vou levar o Eduardo e ninguém comenta isso com o Cauã, até eu falar com ele.

- Nícolas? Nícolas?

Luis estava sentado dormindo na cadeira e falou duas vezes meu nome, todos olharam para ele tipo, "O Que?".

- Nícolas deixou o garoto perturbado, olha isso.

Falou Beto sorrindo;

- Bem com a ajuda de Luan, a imprensa sabe que foram presos dirigindo sem carteira e por serem menores de idade, o que chamou atenção foi a primeira vez que chegaram em uma delegacia. É o que vão falar para imprensa que esta do lado de fora. Nada de arma. Entenderam?

Entramos nos carros nos fundos da delegacia e não teve como evitar os jornalistas na frente do local.

Quando chegamos em casa, eu tirei minha camisa e percebi meu pai  o Luan estava bravo comigo, tipo uma fera;

- Olha lá na delegacia não disse nada, mas esta acontecendo algo?

- Amanhã conversamos Nícolas.

- Pai.

- Amanhã Nícolas.

Fui para meu quarto porem passei a noite em claro, ou melhor o fim dela. Fiquei na TV, com o fumaça, mas não peguei no sono, eu meio que sabia que não era coisa boa, e já esperava o pior.

Tomei um banho pela manha e sai para comprar algo pro café, quando retornei meu pai Caio estava preparando a cafeteira, e Luan saindo do banheiro, arrumei a mesa e sentei, Caio veio em seguida e por ultimo Luan. Nossa como odeio silencio, não suportei;

- Tudo bem, vão dizer ou acabar comigo com esse silencio?

Luan, deixou o que estava comendo, limpou as mãos e tomou um gole de café, eu olhava para Caio que estava olhando para ele;

- Onde conseguiu a arma Nícolas?

Eu sabia, respirei fundo;

- No cofre.

- Preciso brigar? Gritar? Ou dizer mais alguma coisa.

- Pai sei que estou errado, mas se não fosse ela, não iria conseguir nada ontem.

- A questão não é conseguir o que o Thiago pediu, você exagerou colocou todos em risco, mais uma vez.

- Desculpe.

- Mas Luan, olha...

- Caio sem defender ele desta vez. Nícolas tem 17 anos e estava andando armado, ele está errado. E tem que saber que fica difícil confiar em você depois disto Nícolas, se continuar pisando na bola.


#Eduardo


Acordei com uma dor de cabeça, tomei um banho e desci meus pais já estavam na mesa, só que ouvi a voz do meu avô desci alguns degraus e vejo ele falar com meu pai;

- Preso pai? Como isso ajuda?

- Tudo bem Cauã eles exageraram, quero que entende que a culpa foi minha.

Voltei pro meu quarto pois a coisa estava feia, nem queria saber o que estava acontecendo.

4 visualizações
Assine para ser o primeiro a receber os capítulos 

Siga a gente:

©2015 por Armário Erótico Todos Direitos Reservados. Criado orgulhosamente com Richardson Garcia