textos

A Peça que faltava.

15/07/2014

rela

Eu sempre acreditei demais nas pessoas, e talvez tenha sido isso que me fez hoje, não acreditar mais em ninguém. É, parece fácil escrever mais difícil de praticar. Até você aparecer e mostrar que tudo pode ser diferente, e que acreditar novamente no melhor de alguém pode enfim dar certo. Que estranho, pouco tempo com você e já sinto que posso confiar sem medo de amar, de se apaixonar, de se envolver. Sabe esse muro que eu construí todo esse tempo? É hora de se abrir e acreditar novamente que tudo vai dar certo, se entregando, acreditando, e se apaixonando. Estamos aqui, eu, você e esse novo sentimento aqui dentro. Estou pronto para entrar nesse caminho sem volta, que vontade louca de amar. Me mostra o mundo?

E como tudo nessa vida, aquele momento intenso também passou, mais uma decepção para somar a tantas outras. Olho sua foto e me pergunto aonde foi parar toda aquela sua felicidade que não está mais comigo? Eu sei que você continua sorrindo por aí, mas sei também que não sou mais o motivo dele. Estou novamente apaixonada pelo seu cabelo bagunçado, seu rosto tracejado e seu jeito encantado. Imagino todas as noites como é seu beijo agora, seu abraço e sua cintura colada na minha. Seria a mesma coisa de antes? O momento passou e…game over, fim de jogo, adeus. É fácil falar, difícil é viver sem, difícil é lembrar. Acabou, e tudo o que eu queria nesse momento é reviver tudo o que nós fomos. Mas deixei disso, e resolvi viver o meu presente.

Sem surpresas, sem expectativas, e sem tempestades eu fui vivendo. Não por favor, agora não, está tão gostoso eu vivendo cada dia de uma vez, na minha, quietinha. Não apareça agora e bagunce tudo, levanta tudo pro ar e vira meu mundo de cabeça para baixo…deixa eu me curtir um pouco vai. Descobri tão recentemente o que é amor próprio que agora só entra em minha vida quem acrescenta algo, e foi exatamente o que aconteceu. Chegou, entrou, me encantou, e somou todo esse amor que havia aqui dentro.


Aprendendo a amar.

02/07/2014

apre

Toda vez que eu não tenho coragem de falar, eu escrevo. Escrever é soltar as letras da imaginação. Machuca menos, não é direto, e é indireta que vem do coração. Então é por isso que eu quero te dizer indiretamente que eu tento me apaixonar por você todos os dias. No dia que te conheci achei que fosse apenas mais um que faria parte de um momento da minha vida, e eu estava certo. Transformamos nossos encontros em momentos, e não tem coisa melhor que viver todos eles.

A paixão é tão fantasiosa que ás vezes não estamos apaixonados, e achamos que estamos. É complicado explicar, foi a primeira vez que comecei a sentir algo (de verdade) por alguém, sem ilusões. O problema foi exatamente esse, eu apenas senti, sem nenhuma intensidade, e achei que estava sentindo, achei que estava apaixonada de verdade. Tudo bem que ter alguém com quem compartilhar a sua felicidade é uma das maiores felicidades a serem vivenciadas…mas forçar sentimento é besteira, e eu fui besta.

Não adianta achar que está apaixonada sem se apaixonar, aquele frio na barriga se sente, e quando você sentir pela primeira vez você vai saber. É claro que eu não achava que você era o amor da minha vida, mas eu também achava que finalmente eu iria saber o que é ficar toda noite acordada pensando em você, olhar as pessoas ao meu redor e conseguir enxergar apenas uma. Esse foi um dos textos mais simples que eu já escrevi, porém o mais sincero. Eu sei que vai doer, pois um dia já doeu em mim. Você é um grande amigo meu, e…

Sabe quando tudo caminhou bem com alguns errinhos bobos, e mesmo assim perdeu a graça, caiu na repetição e não tem mais aquela vontade toda? Você se tornou uma página boa da minha história, mas infelizmente até as melhores e mais bonitas páginas tem um ponto final. Que no fim, fez tudo valer a pena. Você não foi o meu primeiro amor, mas foi o primeiro a me mostrar realmente, que meu coração está pronto para amar.


Sete sinais que mostram que você está se amando mais.

30/06/2014

o dia

Ir aprendendo aos poucos o que é amor próprio é uma das maiores dádivas que a vida pode nos proporcionar…no meu caso eu tive que mergulhar na escuridão para depois encontrar a luz. Mas vamos ver o que ela me ensinou até agora?

1) Você consegue diferenciar com mais maturidade e clareza o que te faz bem e o que te faz mal, ou melhor…você quer diferenciar isso.

2) Fazer a sua comida ou alguma coisa que você gosta com carinho se torna um hábito, mesmo você morando com seus pais ou não

3) Preferir ficar em casa em um sábado a noite lendo livro, assistindo um filme ou na casa de uma amiga jogando papo fora do que ir na balada enxer a cara fica mais frequente. Resumindo: você tem que viver para você e não para os outros.

4) Dar valor as pequenas coisas da vida como apreciar uma paisagem, admirar um momento, ou elogiar alguma atitude.

5) Olha para trás e descobrir que certas atitudes, tapas na cara e tropeços serviram para tornar a pessoa maravilhosa que você é hoje. É como mergulhar na escuridão e encontrar a luz.

6) Gostar do que se faz, se sentir bem no dia a dia e com boa vivência no presente sem olhar para o passado de forma doída.

7) E um último sinal mas nem por isso menos importante que os outros: você começa a descobrir o que é ser você mesmo.

Eu guardei essa foto desse post para quando eu escrevesse o texto para o meu primeiro namoro…e não é que foi o que realmente aconteceu? Percebi que o nosso primeiro namoro tem que ser com a gente mesmo, os próximos que virão serão consequência do primeiro e mais importante de todos.

Ninguém gosta de você mais que você mesmo! Quando estamos nos relacionando com alguém nós compartilhamos o amor que vem de dentro. Um dia você vai encontrar o amor da sua vida, mas antes disso acontecer…ela vai te fazer encontrar o amor próprio.


Do Lado Masculino: Quando o assunto é ex…

26/06/2014

quando

Você pode discordar de mim, mas nunca concordei com a ideia de que quando se termina com alguém, este alguém deve se tornar um pedaço do seu passado a qual deve ser literalmente deixado para trás, como se nunca tivesse existido. Digo isto porque a pessoa com que você se relacionou, beijou, passou muito tempo conversando, rindo, discutindo,  trocando carinhos, segredos, e etc, ela de fato acrescentou algo de importante na sua vida, que de certa forma, te fez chegar até aqui. Então parar de conversar com a pessoa e simplesmente perder o contato com ela só porque já não existe um relacionamento entre vocês, francamente, pra mim parece algo até imaturo.

Precisamos sacar que a relação acabou e encarar isso. Eu não sei qual é a sua idade, mas as vezes é preciso bater de frente com seu passado, aceitar que ele realmente passou, e continuar sendo você mesmo. É claro, existem situações e situações. Tudo vai depender do motivo a qual o relacionamento foi terminado. Não é porque o cara te traiu com sua melhor amiga que você também tem que trocar beijinhos no rosto com ele. Não é porque a garota só te iludiu e fez você correr atrás dela durante meses, que você tem que continuar sendo um cachorrinho de estimação pra ela. Conserve seu valor também né, meu!

20140626-202911-73751058.jpg

Mas acontece que as vezes, o curso natural das coisas não segue por esse caminho, as vezes pode ser doloroso pros dois.E é este o ponto que gostaria de chegar contigo, vem cá, senta aqui comigo!
Se a pessoa te fez de trouxa, é uma coisa! Agora se foi um término complicado, mas você nota a ausência dela, e sente falta da companhia, ow, porque não continuar com a amizade ?! É tão difícil conversar, assim de boa ?! Posso estar expressando pensamentos muito particulares meus, mas acontece que não consigo entender o porque as pessoas se afastam por tão pouco. Tão fácil assim.Por que se perde o amor pelas pessoas de maneira tão simples.

Também não estou dizendo pra você que já está em outra, chamar o seu ou a sua ex pra um jantar junto com seu atual, não é isso, oloco! Mas estou dizendo pra não alimentar os motivos do término pra moldar o que você tem de melhor, que é a sua personalidade!

Passou, não passou ?! Você é uma nova pessoa, não é ?! Tenho certeza que você mudou muito com isso, não foi ?! Então porque agir como se estivesse regredindo, ou fixado nessa cicatriz que ficou ?! Use desse seu carisma pra ser uma pessoa ainda melhor ! Não afaste as pessoas da sua volta, a vida pode se encarregar disso, mas nunca o provoque! Você não sabe o dia de amanhã!


Lapidações no meu coração

24/06/2014

20140624-182618-66378472.jpg

Não adianta esperar o amor, você esperando ou não ele vai acontecer de qualquer maneira, no seu tempo, no seu momento e na sua hora. É natural, e o fruto que tem que nascer no verão não nasce no inverno. Não adianta querer plantar morangos na praia, não é a época e simplesmente não acontece. Nada surpreendente até aqui não é mesmo?

Todo mundo passa por lapidações, erros, dificuldades e aprendizado. É do ser humano conhecer o seu lado escuro para depois encontrar a sua felicidade. Nunca te ensinaram que no fim do túnel sempre haverá luz? Acho que você foi um empurrãozinho para eu mergulhar na escuridão e no fim começar a aprender de verdade o que é amor próprio. Então tudo passou…e o presente foi se tornando mais presente em minha vida. Passei a convidar ele para entrar sempre pela porta da frente, sem olhar muito para o passado e para o futuro. Curtir cada momento, sentir cada perfume, e admirar cada ponto de beleza ou de feiura que seja, me tornou mais humano, e feliz.

Não vou mais tentar ficar adivinhando o meu futuro, isso desgasta a alma e impede que o presente seja vivido com mais intensidade. Vou deixar as coisas irem acontecendo, viver sem planejar surpreende, e muito! Eu só queria tirar férias de problemas, e da responsabilidade de ter que se preocupar com as tais expectativas que as pessoas sempre trazem. E não…eu não estou fechando o meu coração, transformando ele em pedra, congelando sentimentos, ou algo do tipo. Eu estou de portas abertas, e de coração acelerado como nunca…pela vida!