Estamos cada vez mais impacientes para nos relacionar.

20/12/2016

Onde foi parar aquela nossa paciência de começar tudo outra vez?

large-2

Fim de ano, todo mundo correndo contra o tempo. Outro dia eu estava dentro do ônibus voltando da minha faculdade, e não pude deixar de escutar a conversa de dois caras contando sobre o fim de semana deles, quem eles pegaram e tal. Me lembro muito bem, um deles soltou: ‘’eu gostei bastante dela cara, mas não tenho paciência de puxar assunto, ficar de conversinha no whats.’’

E aí isso que ele  disse me fez pensar: Estariam os homens mais impacientes nos dias atuais? Com certeza estamos vivendo em um mundo mais efêmero e dinâmico devido as novas tecnologias e facilidades de comunicação. Onde foi parar aquela paciência toda de conhecer a garota, chamar ela pra sair, levar ela no cinema, bater um papo de fim de tarde, andar por aí sem rumo, visitar os bares e tantas outras tentativas de fazer as coisas acontecerem? Estamos tão acostumados com as rápidas relações nos apps, a troca de boa noite no whats antes de dormir, o stalkear do facebook, que estamos esquecendo de como é bom entrar em um relacionamento aos poucos.

Ficou muito mais fácil marcar de encontrar alguém. Hoje você tem como achar qualquer pessoa, e com algum azar talvez essa pessoa não tenha facebook, aí ela não vive nesse planeta e você desiste. Agora fica a pergunta, é a nossa geração que está impaciente ou são os homens? vamos pegar o exemplo desse colega do ônibus. Talvez seja uma característica dele não ser tão paciente, mas vamos então generalizar…se o homem não tiver paciência de bater um papo no whats, que vamos confessar…ás vezes  cansa né? Chame ela para saiar, quebre a rotina do virtual, se aventure a moda antiga, chama pra um netflix. Quem sabe assim os relacionamentos não se tornam muito mais fáceis que aqueles matches no tinder, e também, mais gostosos.